Gatinho órfão encontra em pelo de cachorro seu lugar favorito para uma soneca

Por
em Notícias

Quando um animal abandonado é resgatado, o acolhimento voluntário é muito importante, mas não tanto como é o de um animal pelo outro. Nesse caso, o cão Angus foi o responsável por acolher e fazer com que uma ninhada de gatinhos que foi encontrada abandonada em San José, na Califórnia (Estados Unidos), se sentisse amada.

Inicialmente os gatinhos foram acolhidos pelo centro de resgate Humane Society Silicon Valley e depois encaminhados para um lar, onde Angus vive. Como os gatinhos estavam desnutridos e fracos, eles passaram por um processo de reclusão para que pudessem prosperar, como de fato aconteceu.

Depois que eles se desenvolveram melhor e ganharam peso, a voluntária decidiu uni-los ao anfitrião da casa, Angus. O cão já estava acostumado a receber gatinhos em sua casa, mas toda relação era única, assim como foi com essa ninhada. Entre os filhotes, Basil foi quem tomou a iniciativa de se aproximar - e se aninhar - em Angus.

Como o cão é muito peludo, Basil viu nele o cenário perfeito para se aconchegar e tirar uma soneca, que claro, foi permitido por Angus. Que o cão era doce, a dona já sabia, mas a intimidade e o carinho desenvolvido entre a dupla é realmente admirável.

“Ele se aproximou, tocou o rosto de Angus com a pata e pulou na cama do cachorro. Depois de alguns minutos de jogo, ele se aconchegou ao lado de Angus e tem sido seu padrão desde então. Ele teve imediatamente a certeza de que aninhar-se ao lado de Angus era um lugar seguro para ele e parecia nunca ter dúvidas”, contou Alexandra Baggs, gerente de marketing de conteúdo da Humane Society Silicon Valley ao The Dodo.

Tirar uma soneca nos pelos de Angus se tornou parte da rotina de Basil, mesmo assim, houve um dia que a sua família levou um susto quando não encontrou o gatinho aventureiro.

Eles haviam ido juntos para um cômodo, mas Basil simplesmente não estava lá, pelo menos não a olho nu. Quando olhou com mais atenção, a dona percebeu que Basil estava dormindo completamente camuflado na pelagem de Angus.

“Assim que seus olhos focalizaram e ela o encontrou, ela riu e pegou o telefone para tirar uma foto. Ele sabia que eles se davam bem, mas até então, ele não tinha percebido a combinação exata que eles eram, como camuflagem”, disse Alexandra.

A presença de Angus foi fundamental para ajudar Basil e os seus irmãos a desenvolverem confiança e a se sentirem amados. Nada mais lindo do que ver os animais ajudando uns aos outros, não é mesmo?

Vídeo: cães e gatos

A amizade entre cão e gato pode ser de ódio, amor ou tolerância. A convivência dependerá muito do temperamento dos dois animais.

Quando amigos, não existe coisa mais fofa do que ver um cão e gato juntos. A compilação de vídeos da Funny And Cute Kitten Cat, traz momentos divertidos entre as duas espécies. Confira!

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com