Gatinho adotado ajuda pit bull a superar luto e se torna seu melhor amigo

Por
em Notícias

Após sua amiga canina falecer, esse cachorro da raça pit bull ficou triste, em luto. Sua dona, então, decidiu adotar um gato para sua companhia. E eis que então eles se tornaram os melhores amigos e inseparáveis.

O pit bull Dude foi adotado em 2015 pela sua dona, Julie Burroughs, de Tampa, Flórida. Ainda filhote, ele foi trazido de uma ilha do Caribe, com parvovírus. Felizmente a sua dona cuidou dele e logo ele se recuperou e pôde desfrutar do bom da vida ao lado de Julie e da sua irmã canina da mesma raça, Harley Jane.

Por muito tempo o trio se divertiu, vivenciou grandes aventuras e viagens, mas infelizmente Harley Jane acabou morrendo, o que deixou Dude profundamente abalado. Ver o estado deprimente que Dude ficou após perder a sua companheira, mexeu com Julie, que sabia que só a chegada de um novo amigo poderia mudar o seu humor.

Embora cogitasse adotar um novo animal, Julie se restringiu a adotar outro cão, pois ela passava muito tempo fora e não teria tempo suficiente para adaptar o novo animal a casa. Foi aí que surgiu a ideia de adotar outra espécie: um gatinho. Julie começou a pesquisar e acabou conhecendo a história do felino Ace, que havia sido resgatado por um bombeiro. Apaixonada pelo filhote, Julie o adotou.

Com cautela, Julie foi aproximando pouco a pouco Ace de Dude, que nunca havia tido um irmão felino. Apesar da novidade, Dude colocou em prática a sua natureza doce e o vínculo entre os dois foi de muito respeito e carinho.

Em pouco tempo, os dois já haviam se tornado íntimos, embora seja Ace quem toma a frente para aprontar em casa enquanto eles ficam sozinhos.

Em entrevista ao veículo Today, Julie diz que Ace, muito malandrinho, subia nos armários e jogava no chão os pacotes de guloseimas para que ele e Dude pudessem desfrutar à vontade. A dona interrompeu a atitude guardando os petiscos nos armários, mas nem por isso a bagunça cessou.

Outro dia, a dona chegou em casa e encontrou pedaços de papel rasgado por toda a casa.

“Isso é definitivamente coisa de Ace. Tenho certeza de que Dude agora está participando de parte disso porque não acho que Ace comeu o jornal, mas Dude nunca teria feito algo assim antes.”

É, parece que Ace é um pequeno gênio da bagunça, mas tem feito Dude feliz e é isso que realmente importa!

Dude não fica entediado com Ace por perto, pelo contrário, eles sempre acham o que fazer, mesmo que isso signifique revirar o ambiente. O vínculo entre os dois só reforça como os pit bulls são amorosos e como duas espécies diferentes podem se dar bem. Julie não poderia ter feito escolha melhor!

Vídeo: como ajudar meu pet a superar o luto?

O cão tem sentimentos assim como os humanos. Ainda que não possamos perguntar, podemos observá-lo e o seu comportamento muda quando está sentindo a dor do luto pela perda do seu amigo pet ou de algum humano muito próximo.

O Cão em Foco Educação Canina, canal do YouTube voltado a atender a necessidade das famílias por um serviço de adestramento profissional, traz dicas de como reconhecer os sinais e ajudar o seu pet a superar o luto. Confira!

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com