Logomarca Amo meu PET

Gata com sobrepeso fica descontente e reclama por ter que se exercitar (vídeo)

Por
em Gatos

Se exercitar não é exatamente o hobby preferido dos felinos, mas em alguns casos, como o da gatinha Cinderblock, é necessário.

Cinderblock ficou sob os cuidados do hospital veterinário Northshore Veterinary, em Washington, Estados Unidos, depois que os seus antigos donos não conseguiram mais controlar o seu sobrepeso.

Considerada obesa, Cinderblock apresentava muitas dificuldades para se mover, o que além de prejudicar a sua saúde, poderia ser fatal. Um vídeo de 2019 foi o responsável por deixá-la conhecida nas redes sociais.

No clipe é possível vê-la se exercitando - sem o menor esforço - apenas uma das patas em uma esteira subaquática, e detalhe: ela faz isso brigando verbalmente com os responsáveis. Como ousam me obrigar a fazer exercícios?

Veja:

Desde a postagem do vídeo, as pessoas se apaixonaram pela personalidade da gatinha sedentária, então o hospital continuou fazendo postagens atualizando o caso de Cinderblock. Apesar de desagradável, o exercício, aliado a uma alimentação mais equilibrada, foi fundamental para fazer com que ela recuperasse a sua saúde e perdesse peso.

Segundo o portal de notícias Animales Queridos, Cinderblock permanece sob os cuidados do hospital veterinário e o seu quadro atual é satisfatório. A felina pesava 9,8 kg e em setembro do ano passado ela atingiu a marca de 7 kg. Um grande avanço considerando a sua negação para exercícios físicos!

Veja o progresso de Cinderblock:

Além de não gostar muito de exercícios físicos, Cinderblock também não é exatamente uma fã de ‘manicures’. E ela demonstra isso em um vídeo que aparece tendo as suas unhas cortadas.

“Cinder poderia dizer a você um milhão de outras coisas que ela preferia estar fazendo do que ter as unhas aparadas. Que bom que ela perdoa e esquece rapidamente, desde que haja guloseimas envolvidas!”, escreveu o hospital na legenda.

Confira:

Embora o objetivo de redução de peso tenha sido positivo, recentemente foi descoberto que Cinder está com um tumor de mastócito, que apesar de geralmente ser benigno em gatos, requer atenção e um tratamento adequado, pelo qual ela já está passando.

Ela já atingiu tantas conquistas, que temos certeza, alcançará também a cura em breve!

Vídeo: obesidade felina

Os animais de estimação podem ser muito fofinhos quando gordinhos, mas a obesidade pode causar sérios problemas. Se você percebe que seu pet está ficando acima do peso, consulte um médico veterinário para fazer um acompanhamento nutricional. Estudos dizem que um gato obeso vive 2 anos a menos do que gatos com o peso ideal.

A médica veterinária Danielle Donat, no canal do YouTube Paixão Por Gatos, explica as causas, consequências e o que fazer com a obesidade felina. Confira!

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com