Cachorro paraplégico é levado para ver o mar um dia antes de falecer (vídeo)

Por
em Cães

O pastor alemão Heart, estava paraplégico e com problemas de saúde quando foi encontrado sozinho em uma casa velha em Bitonto, Bari, na Itália. No momento que ele mais precisaria de cuidados, ele foi abandonado.

Apesar da crueldade de quem fez isso, felizmente ele foi resgatado pela organização de direitos dos animais Qua la Paampa e ganhou uma experiência singular antes de morrer: uma visita à praia. Quando foi resgatado, há um ano, foi constatado que Heart possuía uma inflamação na coluna, que acabou imobilizando as suas patas traseiras e o deixou paraplégico.

Segundo o portal de notícias UPSOCL, apesar das suas dores e limitações, Gianna Serena Manfredi, a voluntária que ficou responsável pelos seus cuidados, quis proporcionar momentos felizes e inesquecíveis para Heart antes da sua partida. Foi então que surgiu a ideia de levá-lo à praia, para que ele pudesse sentir a brisa do mar e se sentisse vivo, pois de fato, ele ainda estava.

O passeio aconteceu no dia 14 de março, exatamente um dia antes do seu falecimento. A organização fez um post emocionante sobre o momento, usando uma declaração como se fosse nas palavras de Heart, que eu já antecipo, é de arrancar lágrimas dos olhos.

“E fomos para o mar, era lindo, o vento acariciava meus ouvidos, as ondas batiam nas pedras, o som do mar no silêncio parado do inverno. Foi um verdadeiro relaxamento, quase adormeci esquecendo toda a dor do abandono de quem pouco me amava”, escreveu a organização no Facebook.

Assista ao vídeo:

No dia seguinte, a organização fez uma nova publicação anunciando a sua morte. “Às 11h desta manhã, Heart foi escoltado até a ponte. Um vazio imenso”, escreveram.

Por mais triste que seja a sua partida, tenho certeza que todas as tristeza que um dia Heart sentiu foram amenizadas no último ano. Especialmente no seu último dia de vida.

Vídeo: o processo de luto com a perda de um animal de estimação

Quando passamos anos com um cachorro e, no caso deles uma vida, criamos um laço afetivo muito forte. Muitas vezes são os animais que se tornam nosso consolo em momentos difíceis e também nos proporcionam momentos felizes.

A perda de um animal é tão intensa quanto a dor de um ente querido, é natural ficarmos tristes. Não tenha vergonha de expressar o seu luto, afinal só você sabe o que viveu com ele. No seu canal do YouTube, a Dra Ana Beatriz Barbosa Silva, psiquiatra, junto do Dr. Alex Rocha, neuropsicológo, debatem o assunto sobre a perda afetiva dos animais de estimação. Confira!

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com