Tutora faz alerta após seu cachorro adoecer ao comer ovo de Páscoa acidentalmente

Por
em Cães

Uma tutora gostaria de alertar o maior número de pessoas sobre o perigo de cães comerem chocolate depois que seu cachorro chihuahua passou mal por isso. O doguinho achou um ovinho de chocolate de Páscoa e comeu uma parte, depois teve de ser levado ao veterinário urgentemente.

Tracy, que vive em Chatham, North Kent, Inglaterra, é uma mãe de cinco filhos que comprou chocolate para dividir com a família nesta Páscoa. Como possui cachorros em casa, foi bem cuidadosa para esconder o doce, já que é um alimento tóxico para cães.

Segundo o Metro, o filho de sete anos de Tracy decidiu esconder um ovinho de chocolate para comer mais tarde. Acreditava que embaixo do travesseiro seria um bom lugar que ninguém, nem pessoa nem cachorro, conseguiria descobrir. Bailey provou o contrário.

O doguinho achou a gostosura e comeu metade, deixando a outra metade onde encontrou. Um pouco depois, o cãozinho começou a agir estranhamente, ficando mais sonolento. Contudo foi só quando encontrou o resto do ovo que a tutora realmente descobriu o motivo e se preocupou.

Tracey ligou para o hospital veterinário que recomendou levar o cachorrinho para lá rapidamente. Ele foi direto para a emergência, sendo tratado com um remédio para induzir o vômito. Como é um cão de porte pequeno, a quantidade que ingeriu poderia ter sido letal.

"Estimamos que Bailey tenha comido cerca de metade de um ovo de Páscoa, o que é uma quantidade extremamente perigosa para um cão de seu tamanho, muito pequeno, portanto, sabíamos que ele corria o risco de graves distúrbios no coração ou mesmo convulsões" - declarou Soo Ming Teoh, veterinário sênior da clínica que atendeu o cachorrinho.

“Ele precisava de monitoramento rigoroso e suporte de fluido intravenoso devido ao aumento da frequência cardíaca, provavelmente causado pela quantidade de chocolate que ele havia comido. Mas depois de algumas horas de observação e tratamento, ele conseguiu voltar para casa com instruções para ficar de olho nele durante a noite." - completou.

Felizmente o cãozinho já está em casa e segue se recuperando. Sua tutora, bastante assustada com o acontecido, agora se mantém ainda mais rigorosa com os cuidados para evitar acidentes e alerta outros donos de pets.

"Demorou um pouco para se recuperar totalmente de sua provação, mas felizmente ele está de volta ao normal agora e estamos mantendo o chocolate bem fora do alcance para que não tenhamos que passar por essa experiência assustadora novamente." - afirmou Tracy.

Chocolate faz mal para animais

Cachorros e gatos NÃO devem comer chocolate. A ingestão pode causar sede excessiva, vômito, diarréia e cansaço, que podem avançar para ritmo acelerado do coração, temperatura alta e respiração rápida. Em casos graves, podem causar convulsões e morte. Por esses alertas, tenha cuidado com o armazenamento desses doces durante esta época do ano, guardando-os longe do alcance de animais domésticos.

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Estudante de jornalismo que é apaixonado por tudo que tenha super-heróis, dragões e faroeste (ele se pergunta todo dia quando que vai lançar um filme misturando os três). Gosta de ler, com um favoritismo em fantasia (por que será?) e adora ver séries em geral. Ama estudar sobre criatividade e sociologia. Tem uma doguinha perfeita e sem defeitos chamada Athena. Também gosta de cinema e matar tempo nas redes sociais vendo memes.