Vira-lata que sofria nas ruas é adotado e sorri ao ouvir dona cantar 'De Volta Pro Meu Aconchego'

Por
em Notícias

No dia 25 de março, Léa Camargo, que reside em Nova Campina, São Paulo, publicou em um grupo no Facebook a história da adoção do cachorrinho Castanho.

Sabe quando o amor bate em sua porta, mas você acredita que não é, e deixa a oportunidade passar? Mas tempo depois você se arrepende e volta atrás? Foi o que aconteceu com Léa e o peludinho Castanho.

O cachorro de pelos e olhos castanhos, dando jus ao seu nome, apareceu em frente a casa de Léa, muito magro, fraco e assustado. O seu pavor de humanos era tamanho que não deixava ninguém chegar perto dele.

As marcas que possuía no pescoço indicava que havia sido maltratado por seu antigo dono. Muito triste!

Léa não o adotou de imediato, mas não deixou de alimentá-lo durante os dias que se seguiram, dando sopa de fubá com muchiba, vitamina e vermífugo. A causa de não adotá-lo seria porque possui dois gatos doentes com calicivírus - doença que causa corrimento nasal, gengivite e úlceras bucais, podendo levar semanas ou meses para ser curada.

A mulher não tinha condições de adotá-lo, mas não desistiu de ajudar e seguidamente postava fotos afim de encontrar um lar para Castanho. Até que o grande dia chegou.

A alegria de ter encontrado um lar para o doguinho não durou muito, pois o homem queria um cão de guarda e Castanho não possui esse perfil. Logo, nos três dias que permaneceu na casa, o cão ficou apático e tristonho.

Léa resolveu dar um basta no sofrimento de Castanho e o adotou. A mulher - feliz com a sua decisão - canta carinhosamente ao cãozinho a linda música de Elba Ramalho 'De Volta Pro Meu Aconchego', durante o trajeto de carro. O animal abre aquele sorrisão. Lindo de ver!

"Chega de sofrimento, meu amor. Agora você vai ter casa, comida, pelos lavados e muito amor", disse na publicação.

Confira:

A publicação obteve 28 mil reações, 232 comentários e mil compartilhamentos.

"Que lindo... Você cantando e ele adorando, com certeza", elogiou uma internauta.
"Isso é amor, respeito e lealdade. Sejam felizes", declarou outra.
"Agora, ele está feliz", comemorou uma terceira.

Quando estamos decididos de alguma coisa, nada nos impede de tomar tal atitude. Desejamos toda a felicidade para Castanho e a sua nova família!

E ressaltamos a importância de adotar ou ajudar um animal de rua. Seja solidário e transforme uma vida!

NOVO VÍDEO NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE. CONFIRA!

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo