Médico veterinário se nega a sacrificar felino: 'É o gato mais legal que já conheci'

Por
em Gatos

Um gatinho laranja que vive em Fort Mitchell, Kentucky, Estados Unidos escapou de ser sacrificado graças a intervenção do médico veterinário Matt McGlasson.

Dar uma chance para vida. Foi o que o gentil veterinário Matt fez, em não permitir o sacrifício de um gato. Uma colônia de gatos de rua estavam sendo tratados por habitantes da região e, dentre esses felinos, havia um laranjinha com a pata machucada.

As pessoas que os cuidavam ficaram sentidos com aquela situação. Vendo o gatinho sofrendo de dor, sem forças nem para se mover, acreditaram que o melhor a fazer seria levá-lo a uma clínica veterinária para sacrificá-lo. Mas o destino do pequenino não foi esse!

Ao chegarem no local com o felino, McGlasson, que é um apaixonado por gatos, não permitiu tal atitude. Pois acreditava que aquilo não era o melhor para o gatinho.

“Minha equipe sabe que tenho uma queda por gatos - nós realmente resgatamos e reabilitamos quatro gatinhos durante o COVID enquanto nossos filhos estudavam em casa”, disse o Dr. McGlasson ao The Dodo. “Eles pediram ao cliente que entregasse o gato para mim.”

O médico fez uma bateria de exames no bichinho e, com muito amor e cuidado, decidiu curá-lo e dar uma nova vida a ele. O doutor juntamente com o seus seguidores do TikTok (@docmcg) o nomearam Nemo.

O ruivinho inevitavelmente teve que amputar um dos seus membros. A equipe médica não poupou esforços para ajudar Nemo a se adaptar com sua nova vida de três patinhas. E para alegria da equipe, conforme o gatinho se recuperava, agradecia com muitas lambidas e ronrons.

“Ele é o gato mais legal que já conheci”, disse McGlasson. “[Ele] ama a todos.”

O doutor McGlsson não tinha condições de adotá-lo, pois já tem outros felinos na sua casa. Mas o carisma de Nemo encantou uma técnica de veterinária da equipe que prontamente o adotou. Que alegria!

“[Ele] está se saindo muito bem”, disse o Dr. McGlasson. “Gostar de ser um gato doméstico e andar muito bem com três patas.”

Confira no vídeo algumas imagens dos dois:

Não tire a vida de um bichinho por acreditar que a condição que ele se encontra não tem cura. Faça como as pessoas que cuidavam de Nemo, leve-o para uma clínica veterinária de confiança e tenha a avaliação de um profissional.

VOTE NO AMO MEU PET COMO MELHOR PERFIL PET:

Estamos concorrendo ao Prêmio iBest desse ano. Contamos com seu apoio para chegarmos no TOP 10 de perfis selecionados.

Acesse o link e deixe seu voto: https://vote.premioibest.com/votacao/pets/277298673

Após 24 horas, você pode votar novamente!

VÍDEO NOVO DO AMO MEU PET NO YOUTUBE, CONFIRA:

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo