Câmera de segurança registra 'overdose de alegria' de cachorro ao rever dona

Por
em Cães

Em julho, a empresa americana Ring, especializada em equipamentos de segurança residencial e empresarial, compartilhou no seu canal do YouTube um terno momento capturado pelas lentes da câmera de um dos seus clientes.

A maioria dos donos de pet ao voltarem para casa - depois de algumas horas longe - são recebidos com alegria, lambidas e abanos de rabo. E com a Emma não foi diferente, só que quem passou quatro dias longe, foi Eddie, seu border collie de 4 anos.

"Eu o amo mais do que tudo!", disse Emma ao Ring.

O peludinho viajou com os 'avós' por quatro dias e a saudade que sentiu da dona foi capturada pela câmera de segurança instalada na varanda de casa. No vídeo é possível vê-lo em êxtase ao reencontrar quem tanto ama. Recebendo-a com muitos pulos e lambidas. Fofinho!

"Ele normalmente me cumprimenta com muito entusiasmo de qualquer maneira com muitos beijos, mas isso foi ainda mais".

A terna cena obteve mais de 191 mil visualizações, 3.500 reações e centenas de comentários cheios de amor.

"Voltar de um dia ruim com meu peludo dançando com as patas dianteiras no ar só deixa tudo bem de novo", comentou uma.
"Adorável - ouvir sua risada de prazer me fez sorrir. Os cães são criaturas mágicas', disse outra.
"O amor de um cachorro é incondicional, um sentimento tão lindo", aplaudiu uma terceira.

Confira:

Tem recepção melhor que essa? Acho que não!

E porque será que eles tem esse comportamento?

Segundo cientistas, é porque os cães ficaram muito próximos dos humanos, depois de serem domesticados, principalmente no inverno, pois eram usados como aquecedores.

À medida que essa prática prosseguia, os humanos começaram a escolher tipos específicos de cães que apresentavam as características que desejavam cultivar, e assim os cães criavam laços e esse sentimento ficou no gene.

Outra razão pela qual os cães ficam sempre tão felizes em ver seus donos é porque eles os vêem dentro de uma estrutura de matilha tradicional.

E uma terceira razão é quando você o cuida desde filhote, transmitindo-lhe amor e segurança, o que fará com que ele o respeite e ame como o 'chefe da matilha'.

Veja também este vídeo:

O gato Horatio: ele encanta o público de biblioteca com suas fantasias de personagens literários

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo