Felipe Becari faz homenagem a cachorro que ajudou a resgatar mas virou anjinho

Por
em Notícias

No último sábado, 28, Felipe Becari, protetor da causa animal e policial civil do estado de São Paulo, homenageou nas suas redes sociais o Timão, um cãozinho que resgatou há seis meses. Infelizmente, o pet não resistiu e veio a falecer.

O pequeno, de cinco anos, foi resgatado em março e o estado em que foi encontrado era de cortar o coração: muito magro, literalmente em pele e osso.

"O fim de uma história de superação", escreveu Becari dando início no seu post.

A tutora havia informado que ele havia sido diagnosticado com a doença do carrapato. Dois meses em diante, passou a definhar.

Ela afirmou que chegou a procurar ajuda médica e que estava fazendo o tratamento indicado.

Na ocasião, a mulher acompanhou a equipe de Felipe até a delegacia para formalizar o boletim de ocorrência e o cachorrinho ficou sob custódia do policial.

Durante o tempo que passou sob os cuidados dos voluntários, o peludinho ganhou peso, controlou a diabete e lutou contra a cegueira.

Nas vésperas da sua adoção, o guerreirinho decidiu descansar.

"Ele resolveu partir naturalmente, dormindo, quentinho com sua roupinha bonita e de barriguinha cheia. De pequeno, você só tinha o tamanho, pois sempre foi um GIGANTE!".

Seis meses se passaram desde o seu resgate e tenho certeza que esse patudinho recebeu muito amor, carinho e atenção da equipe, sendo esses últimos meses os melhores de sua vida.

Confira o resgate:

Só podemos orar pedindo que os protetores da causa animal encontrem ânimo para seguirem em frente e, assim, salvarem essas vidinhas aflitas que tanto necessitam de ajuda.

E, claro, conscientizar as pessoas a não adotarem um serzinho se não terão condições de cuidá-lo. Prudência e amor.

Veja também este vídeo:

O gato Horatio: ele encanta o público de biblioteca com suas fantasias de personagens literários

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo