Gato obeso aprende a abrir armários para comer e dona se obriga a trancá-los com travas

Por
em Gatos

O gatinho Keith foi um presente que Sara Matthews, que reside em Bristol, na Inglaterra, deu de aniversário para a filha, há sete anos atrás.

E o que ela não imaginava era que o pet adotado seria guloso, obrigando-a a trancar portas dos armários da cozinha e geladeira para evitar 'assaltos'.

O pequenino foi adotado de um centro de resgate, onde Sara era voluntária. Na época ele pesava 11 libras (cerca de 4,9 Kg). Desnutrido, teve que ser colocado numa dieta especial, contudo ele adorava escapar da sua gaiola para roubar a ração dos amigos.

Numa visita ao abrigo, o travesso gatinho ganhou o coração da filha de Sara, que é autista, fazendo-a o adotar. E quando chegou no seu novo lar, em questão de meses o felino passou a pesar 24 libras (cerca de 10,8 Kg).

A família, preocupada, o levou no veterinário, onde logo foi colocado numa dieta balanceada, porém as suas medidas não paravam de aumentar.

"Ele apenas continuou ficando maior, no entanto. Descobrimos que ele estava mexendo nas lixeiras dos vizinhos porque achava que não estava sendo alimentado o suficiente em casa", disse Sara ao Metro.

O bonito rejeitava comida saudável, mas em compensação adorava procurar restos de pizza nas lixeiras dos vizinhos. E quando a família se mudou, ela decidiu que ele se tornaria um gato doméstico, somente dentro de casa, sem a chance de 'assaltar' a lixeira alheia.

Impedido de sair, a solução foi encontrar comida em casa, e assim passou a abrir armários da cozinha e a geladeira em busca de saciar a ansiedade. O fato obrigou a tutora a trancar as portas com travas para crianças.

“À medida que avançava, tivemos de colocar mais e mais fechaduras em todos os armários com comida. Não importa se é uma maçaneta circular ou uma roldana, ele encontrará uma maneira de entrar".

E mesmo com todas as precauções, idas nos veterinários e comidas especiais, o bichano não tem jeito de perder seu quilos. Acredita-se que possa ser problema neurológico, mas como o exame que confirma é muito caro, a família ficou impossibilitada de fazer.

"Quando o levávamos ao veterinário para pesar, eu chorava porque estávamos fazendo de tudo e ele estava ficando mais pesado".

Confira as artimanhas do gatinho para conseguir o que quer:

Atualmente, ele não tem nenhum problema médico devido ao peso, e Sara permanece cuidando da sua dieta. E por mais que tenha o dobro do tamanho de um gato 'normal', ele não deixa de ter uma vida feliz e ativa ao lado da sua família.

Veja também este vídeo:

6 gatos que VIRALIZARAM por suas manias peculiares

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo