Menino vai até abrigo para adotar um pet e escolhe gato idoso de 10 anos

Easton poderia escolher qualquer animal de estimação do abrigo e, ao ver Tiny, foi amor à primeira vista

Por
em Gatos

Easton é um menino morador do Vale do Exploits, no Canadá, que ficou conhecido após optar pela adoção de um gato idoso.

Ele e sua mãe foram para um abrigo local em busca do novo membro da família. Além disso, ela deixou que escolhesse qualquer animal de estimação que Easton gostasse.

O menino observou todos os animais entusiasmado e acabou ficando em dúvida entre adotar um cachorro ou um gato.

No final acabou se apaixonando por um grande gato laranja, de 10 anos.

Tiny, como era chamado o felino, havia passado por uma grande jornada. Foi deixado no abrigo Exploits Valley SPCA, junto com sua irmã Trinity.

Por conta de circunstâncias infelizes, seu antigo tutor acabou sendo obrigado a deixar os dois felinos no abrigo com a esperança de que encontrassem um novo lar.

A instituição acreditava que seria difícil alguém ter interesse em adotá-los, pois eram mais velhos e Tiny estava um pouco acima do peso.

“Tiny não é um comedor exigente, mas tem 'desafios de peso' e tem uma grande barriga redonda que ele adora esfregar.” destacava uma postagem do Facebook.

Tiny e sua irmã Trinity não tinham laços entre si, então não havia problema de Easton adotar apenas um deles.

Já adotado, Tiny foi para casa com o garoto e sua mãe. No carro, o felino foi solto da caixinha de transporte e imediatamente foi se deitar no colo de seu novo tutor.

Mesmo que o abrigo tivesse definido Tiny como um gato tímido, ele e o menino logo se tornaram grandes amigos.

Easton mostrou que nunca é tarde demais para se ter uma nova chance de ser amado.

Você também vai curtir assistir:

Retrospectiva 2021 - Histórias de pets que marcaram 2021

Uma jornalista quase formada de 21 anos, completamente apaixonada por futebol e animais. É daquelas pessoas que não podem ver um cachorro ou gato na rua que já quer fazer carinho... Do tipo curiosa, gosta de contar boas histórias e aquecer o coração de seus leitores. Um pouco indecisa para os títulos das matérias, confesso, mas dedicada ao ponto de procurar sempre escolher as melhores palavras. Prazer, sou Letícia Michele Schneider, atualmente moradora de Passo Fundo (RS), tenho o sonho de deixar o mundo um pouquinho melhor e quem sabe um dia estar à beira do gramado entrevistando os jogadores da dupla Grenal.

Últimas notícias