Cachorra que nunca engravidou adota três gatinhos abandonados

Fonte: BHAZ

A natureza sempre surpreende! Uma cadelinha chamada Rhadija que nunca teve filhotes decidiu adotar três gatinhos abandonados em São Félix do Araguaia (MT) e agora está amamentando-os. Ela mora com sua dona, a bióloga Alzira Cristhina Bandeira Setúbal, e tem 7 anos de idade.

Curiosamente, a bióloga conta que adotou os pequenos porque tem uma gata em casa que recentemente teve filhotes, e acreditava que ela pudesse amamentá-los, o que não aconteceu, pois a gata rejeitou os gatinhos.

Alzira então começou a alimentá-los por conta própria, dando-lhes leite em uma seringa. Ela notou que Rhadija sempre ficava por perto dos filhotes, inquieta e apreensiva com os gatinhos.

Certo dia, ao chegar do trabalho, a bióloga se deparou com a cadela amamentando os gatinhos. Ficou chocada ao ver a cena, principalmente porque a cachorrinha nunca tinha dado cria.

“Acredito que foi instinto animal e o interessante é que a Rhadija nunca foi mãe. Fiquei encantada, pois adoro animal, mas como bióloga sou suspeita”, brincou.

A mãe de Rhadija argumenta que o organismo da cadela começou a produzir leite porque os gatinhos forçaram a amamentação. É provável que ela tenha desenvolvido um certo instinto materno, notado desde o primeiro contato que teve com os filhotes.

A cadelinha está na família desde dezembro de 2011. Alzira a adotou indicada por um amigo. No passado, já teve um cachorro e queria uma fêmea para fazer-lhe companhia no dia a dia.

Formada em Biologia, Alzira trabalha no cartório da cidade, tendo adotado os gatinhos no dia 26 de abril. Além do trio de filhotes que ainda não possuem nomes, e Rhadija, ela também tem o cachorro Ozzy e quatro gatos adultos – Zatara, Cérebro, Zayron e Morgana.

Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários