Vira-lata caramelo negligenciado é adotado e vive sua melhor fase na Bélgica: 'Do lixo ao luxo'

Por
em Aqueça o coração

Trabalhando em uma fábrica no bairro Oziel em Campinas, São Paulo, Jussara Cremasco Sarruge sempre aproveitou o intervalo de almoço para ir até uma comunidade pobre próxima para alimentar com ração cachorros de rua. E não era só no intervalo não, de manhã antes de bater o ponto também.

Em entrevista ao Amo Meu Pet, Jussara contou que vários cães vinham ao seu encontro para ganharem comida e dentre eles um lhe chamou a atenção, o Black. O cão estava muito magro e ela, compadecida ao vê-lo daquele jeito, além da ração, também compartilhou de sua marmita.

"Colocava água e ração todos os dias, e começou aparecer vários cachorros. Todos os dia 7 horas da manhã eles estavam me esperando", contou ao Amo Meu Pet.

Curiosa por saber onde se abrigavam, um dia os seguiu, então descobriu que eles viviam com um casal de coletor de recicláveis. Eles moravam em uma casinha de madeira simples com piso de chão batido. Ali viviam eles, seus dois filhos e cerca de sete cachorros.

Depois que conheceu a casa e a família, Jussara começou a doar sacos de ração. E um dia, durante uma entrega de doação foi surpreendia, pois o casal lhe informou que não queriam mais saber de um dos cachorros, o Catatau. O motivo? O vira-lata caramelo, porte pequeno e olhar triste, além de estar doente, fazia xixi em cima da ração doada.

Angustiada com a situação, Jussara procurou uma amiga, a Rose. Ela é voluntária de um abrigo de animais e através dela todos os cães foram vacinados. E mais, ao relatar a história de Catatau, Rose se prontificou a ajudar a encontrar um lar para o pequeno. O sofrimento do cãozinho estava prestes a ter um fim!

"Ela disse que seria fácil de ser doado. Ela levou ele para ser tratado da doença que tinha. Ela curou ele! E me mandou uma mensagem que havia aparecido uma ótima adotante. Um casal sem filhos que iria cuidar muito bem do Catatau. Ele foi doado".

Como Jussara exclamou:

"Ele saiu do lixo para o luxo!".

Isso porque o cãozinho negligenciado, que muito sofreu no passado, agora vive na Bélgica. Seus tutores o levaram para lá, seu novo país. E juntos aproveitam a vida intensamente: visitam outros países e o último passeio foi conhecerem uma das praias da França. Os novos tutores do cãozinho mantém Jussara sempre informada. Que legal, né?

Que alegria saber que Catatau teve um final feliz! E isso porque uma pessoa de coração bom teve disposição de ajudá-lo. Seja como Jussara e estenda a mão a quem precisa, você se sentirá imensamente grato e feliz em saber que está ajudando quem precisa.

Assista também este vídeo:

O que esse papagaio tanto escondia nesse tronco?

Últimas notícias