Exposição na Casa do Gato em SP convida humanos a se sentirem na pele dos felinos

Fonte: >Hypeness

A Casa do Gato é um espaço em São Paulo (SP) promovido pela Royal Canin, marca de rações para cães e gatos.

O local ficará aberto entre os dias 6 a 15 de setembro. A organização convida o público a desvendar o universo felino através de experiências sensoriais, mostrando como é o mundo do ponto de vista dos bichanos. E o melhor: o evento é gratuito e aberto ao público.

Os visitantes poderão passar por um circuito com oito estações. Em cada etapa, é possível sentir na pele como os gatos vivenciam o seu cotidiano por meio do toque, paladar, audição e visão.

O resultado de cada experiência é surpreendente e super divertido. O público tem, pela primeira vez, uma noção de como seus bichinhos de estimação se sentem quando arranham objetos, escalam prateleiras, escutam os barulhos ao seu redor e até como se sentem atraídos pelos alimentos.

A curiosidade não matou o gato

Na entrada da Casa do Gato, já somos convidados a participar de uma experiência incrível em realidade virtual. Com auxílio de óculos VR e dois controles nas mãos, foi possível virar um gato e explorar uma sala inteirinha, saltando pelos móveis, pulando no colo do dono e fazendo a festa.

O joguinho permite ter uma ideia perfeita da visão do gato, sua capacidade de saltar até 5 vezes o seu tamanho corporal e o funcionamento do seu bigode como facilitador para a sua agilidade e senso de localização. É preciso ter cuidado para não se empolgar muito com o “brinquedo”. Apesar de quase acertar a cabeça do instrutor, todos saíram ilesos.

Quando o gato sai, os humanos fazem a festa

O público pode compreender melhor como os gatos se sentem atraídos pelos alimentos no circuito do paladar.

É compreensível do porque somos facilmente atraídos por alimentos. Mas realmente é mais fácil entender por que os gatinhos ficam vidrados por certas comidas.

Gato de luvas não pega rato

O circuito batizado de “quarto das sensações” explica porque os bichanos arranham tantos os objetos, sofás e aquela sua calça novinha…

Os amantes de gatos também podem experimentar um arranhador gigante, com várias texturas a serem “exploradas”, com uma luva de gato que imita o toque do animal.

Sim.. é muito relaxante! Por fim, após testar cada uma delas, vocês com certeza vão perdoar seus gatinhos. Além disso é bom para o músculo deles, além de trazer uma série de benefícios. O quarto também tem jardins zen com diferentes tipos de areia de gato para botar a “pata”.

No quarto da audição, podemos explorar o sentido felino por meio de fones de ouvido que reproduzem como os bichanos percebem os sons em casa, na rua e na visita ao médico-veterinário.

Os ouvidos dos gatos são incrivelmente mais sensíveis do que você imagina. Dá para entender por que eles dão aqueles pulos do nada. Simulamos o som de uma cidade e alguns ruídos são perturbadores, como o dos fogos de artifício (fica a dica). Sim, tomamos uns sustos daqueles!

Por fim, a programação do fim de semana terá orientação de especialistas sobre castração e controle de peso dos bichanos e cadastro para interessados em adotar um pet em parceria com a ONG Adote Um Gatinho.

Para cada visitante que comparecer ao evento, uma semana de alimento será doado para gatinhos que estão à espera de um lar.

Serviço

Casa do Gato – Desvendando o Universo Felino

Entrada Gratuita

Rua São Carlos do Pinhal, 124

14 e 15/09 – 10h às 19h

Compartilhe o post com seus amigos!

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários