Pit bulls são brutalmente esfaqueados em praia da Enseada (SP) e comunidade está a procura de agressor

Os cachorros foram resgatados, mas o responsável pelo crime ainda não foi identificado.

Nesta terça-feira, 10, dois cachorros pit bulls extremamente mansinhos foram esfaqueados na praia da Enseada, em Guarujá (SP).Ainda não se sabe quem cometeu esse crime, mas com a mobilização de algumas pessoas, eles foram resgatados e levados para a clínica veterinária Golden Pet para o primeiro atendimento, após foram encaminhados para o hospital veterinário Ponto Pet, onde estão internados.

A saúde de um deles é considerada estável e o outro está com a saúde um pouco mais debilitada, uma vez que foi atingido na traqueia.

Foto enviada por: Elaine Dalcin da Silva
Foto enviada por: Elaine Dalcin da Silva
Foto enviada por: Cristiane Cortez
Foto enviada por: Cristiane Cortez

Os animais, segundo os responsáveis pelo resgate, são mansos e dóceis.

Após a recuperação, os dois serão encaminhados aos cuidados de um pet hotel, chamado Pet Park Perequê, onde receberão toda a assistência necessária até receberem um lar definitivo.

Foto enviada por: Elaine Dalcin da Silva
Foto enviada por: Elaine Dalcin da Silva
Foto enviada por: Elaine Dalcin da Silva
Foto enviada por: Elaine Dalcin da Silva

Quem puder ajudar e contribuir com os custos de hospital veterinário, alimentação e remédios, pode depositar qualquer valor na conta da proprietária do pet hotel, chamada Elaine Dalcin da Silva, que entrou em contato com a nossa equipe para relatar o caso.

  • Banco Bradesco (237)
  • Agência 0420-0
  • C/c 209.125-9
  • CPF 126.177.078-14

Assim que estiverem recuperados, os cães estarão disponíveis para adoção. Os responsáveis, no momento, pedem a adoção conjunta dos dois cães, por demonstrarem uma ligação muito forte entre si.

É inacreditável o tamanho da brutalidade cometida com esses animais. Esses bichinhos já passaram por maus-tratos antes de serem encontrados esfaqueados. Segundo a avaliação de veterinários, eles possuíam cicatrizes de agressões anteriores e estavam com severa anemia. Esperamos que os responsáveis pelo delito sejam identificados e punidos de acordo com a lei de n° 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, que antes previa a prisão de três meses a um ano, agora, prevê a reclusão do período de dois a cinco anos, mais multa.A comunidade engajada na causa animal local pede à população que ajude a identificar quem foi o agressor responsável pelo crime.

Veja o vídeo das cachorrinhas:

Confira abaixo dois vídeos enviados por Elaine, em que é possível visualizar a recuperação dos cães na clínica:

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários