Caminhoneiro abandona cão na estrada e motorista que seguia atrás o adota

O cão chegou a correr atrás do dono até cair de cansado. Felizmente o motorista que vinha logo atrás presenciou a cena e tentou ajudar o filhote.

Um cãozinho passou por uma situação que animal nenhum deveria experimentar, mas que infelizmente, é mais comum do que imaginamos. De pequeno porte, o cão foi abandonado pelo dono, que o atirou para fora do caminhão em que dirigia e o abandonou em uma estrada em Allegan, em Michigan, nos Estados Unidos.

Um motorista, chamado Dion Cole, que vinha logo atrás, viu a cena e a definiu como a mais triste que já viu na vida. Ele conta que viu o cachorro correr atrás do seu então dono, até não aguentar mais e cair cansado na estrada.

De cortar o coração! Cole correu para tentar ajudar o filhote, que assustado, correu para o meio da floresta. À noite, junto com a sua esposa, Cole foi até o local decidido a encontrar o pobre cão, que mais uma vez, fugiu assustado.

Foto: Dion Cole/Arquivo Pessoal
Foto: Dion Cole/Arquivo Pessoal

Foram algumas tentativas, até que com a ajuda de mais pessoas, finalmente a família conseguisse resgatar o cão. Ao salvá-lo, o casal Colen resolveu ficar com ele até que encontrassem um lar definitivo para o filhote, que eles caracterizam como extremamente doce e amoroso, e que se dá muito bem com sua criança e seus cachorros.

Foto: Dion Cole/Arquivo Pessoal
Foto: Dion Cole/Arquivo Pessoal

Apesar do grande trauma, o pequeno cão agora está à salvo e à espera de uma família cheia de amor para lhe dar. Que ele e nenhum cãozinho experimente uma situação como essa na vida!

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários