Desaparecido, cachorro percorre 8 km e comparece em funeral da sua dona

Por
em Notícias
Duas semanas antes do falecimento da dona, o cão havia sumido, mas apareceu na capela para se despedir da sua dona. Como assim?

Um cão é capaz de ser fiel ao seu dono até mesmo depois da vida, conheça essa história emocionante. O cachorro Bayron Max, andou oito quilômetros para se despedir da sua dona recém falecida.

Bayron vivia com a sua dona Rosalba Quiros em uma fazenda localizada em Montemorelos, México.

Nos últimos meses de vida, mesmo resistindo, Rosalba se mudou para a casa de um parente para receber os cuidados necessários. Mesmo assim, a mulher ia frequentemente até a fazenda para cuidar e alimentar Bayron.

A família havia se comprometido a cuidar do cachorro, mas um dia Bayron fugiu da fazenda deixando todos os familiares, inclusive sua dona, preocupados sobre o seu paradeiro.

Duas semanas depois, Rosalba faleceu e Bayron não havia aparecido ainda.

A dona não saberia, mas independente de onde tenha andado, Bayron não perderia o seu funeral e estaria lá para a surpresa de todos.

Foram oito quilômetros andados da fazenda até a capela, o que deixou os familiares intrigados, especialmente em como o cão teria encontrado o local.

Não sabemos como isso aconteceu, mas temos certeza que a presença dele em um momento memorável foi muito importante.

“Normalmente, não deixamos animais entrarem, mas como o cachorro uivou e com as patas estava raspando a porta, permitimos que ele entrasse. Nunca vimos um caso assim, ficamos todos surpresos ao ver como o animal se despediu da dona”, disse o chefe da funerária municipal.

Já dentro do local, Bayron não saiu nenhum instante de perto da sua dona, ele sentia que aquela seria a sua última vez perto dela.

Mesmo perdendo sua dona, Bayron passou a ficar sob os cuidados dos seus familiares.

Que história tocante!

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com