Mulher salva 50 cães em situação de rua em meio à pandemia de Covid-19

Uma mulher britânica salvou 50 cães em situação de rua famintos em meio à pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a ONG de resgate animal Dogs 4 Rescue, uma de suas voluntárias, Andrea Siddons, fretou um voo de carga para transferir os animais de Chipre, um pequeno país da União Europeia, até o Reino Unido.

Foto: British Airways
Foto: British Airways

Estima-se que Chipre tenha 200 mil cães e 2 milhões de gatos vivendo em situação de rua, um recorde para uma nação com pouco mais de 1 milhão de habitantes (humanos).

Foto: Mercury Press & Media
Foto: Mercury Press & Media

“Quando o vírus interrompe os vôos de passageiros e nenhum cachorro pode deixar Chipre, o número de cães esqueléticos nas ruas aumenta. No entanto, Andrea Siddons se esforçou extraordinariamente para resgatá-los, consigo doações de diversas pessoas, juntando uma quantia suficiente para fretar um Boeing 747 para trazer 50 cães à liberdade e à garantia de dias melhores”, escreveu a ONG em um post posterior no Facebook.

Foto: Mercury Press & Media
Foto: Mercury Press & Media

“Alguns dos cães que ela salvou e que estavam morrendo de fome algumas semanas atrás chegaram aqui no Reino Unido, seguros e prontos para serem adotados”, concluiu o abrigo.

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários