Homem procura por cães de rua todos os dias para alimentá-los durante quarentena

Por
em Notícias

O gesto de ajudar animais já era algo comum para esse boliviano, mas se fortaleceu ainda mais nesse momento de isolamento.

Durante a pandemia do coronavírus, todos sentem consequências e perdas, mas ninguém tem sido tão afetado quanto os animais de rua. Isso, porque, com estabelecimentos e restaurantes fechados, não há restos de comida, que antes era a única forma de se alimentarem.

Esses animais esquecidos, sem um olhar bondoso, podem vir a padecer. Se cada um for capaz de ajudar com um pouquinho que seja, já fará o suficiente para transformar essas vidas.

Assim, o boliviano Ferchy Kushner tem feito. Há cinco anos, Kushner deixou a sua profissão de engenheiro para se dedicar a um propósito muito altruísta, ajudar animais de rua. O que claro, não mudou, mas se fortaleceu durante esse período de quarentena.

Ao longo desse tempo, Kushner construiu alianças com empresas privadas que incentivam projetos em prol dos animais. Também lançou a Fundação Abril y Ariel na Bolívia e Ferchy's Dogs nos Estados Unidos.

Fazendo a sua parte, que é de grande valia, Kushner vai todos os dias para as ruas, procurar por cachorros para os alimentar e lhes mostrar que não estão sozinhos. Além de croquetes, os cachorros recebem atenção e amor, o que pode fazer a diferença na vida de qualquer um, não é?

“Eles não têm ninguém para alimentá-los, hoje precisamos de humanos para ajudar todos os animais do mundo que não os abandonamos. A diferença é que os humanos podem pedir ajuda e, infelizmente, os animais não. Farei tudo o que puder para que não falte comida”, disse o ativista.

Que atitude admirável! Ajudar não é difícil, basta ter compaixão e iniciativa!

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com