Dono de animal luta para encontrar clínica veterinária aberta depois que seu cão fica cara a cara com cobra coral

Quando um morador da Flórida, nos Estados Unidos, chamado Mike Gallagher, se mudou de Ohio para a Flórida, ele teve que deixar para trás o veterinário de seus animais de estimação e ainda não havia encontrado um novo quando uma cobra coral apresentava uma situação potencialmente mortal em seu terreno.

Mas devido a pandemia do coronavírus - e o distanciamento social - tornaram quase impossível encontrar uma clínica veterinária aberta.

Agora, ele está avisando outros pais de estimação para que formem um plano, caso o animal precise de atendimento de emergência.

"Esta manhã eu me levantei e, como minha cachorrinha faz todas as manhãs, ela circula a piscina e sai correndo pelo convés. E eu a ouvi latir ... e saí para ver o que estava acontecendo", lembrou.

Foi quando Mike soube que Lola tinha ficado cara a cara com um dos répteis mais perigosos da Flórida.

“Aqui ela estava em um impasse com uma cobra. Rapidamente a puxei de volta para casa e saí para remover a cobra ”, disse Gallagher. "Consegui tirar algumas fotos e pensei que seria um ótimo post para a mídia social e foi aí que comecei a receber a mensagem de que não era uma cobra rei, mas sim que era uma cobra coral mortal".

Lola foi mordida? Gallagher sabia que precisava de um veterinário, rápido, mas por causa do fechamento do comércio devido ao COVID-19, a ajuda não estava prontamente disponível.

"Fiz algumas ligações de emergência e nem todas as salas de emergência para animais de estimação estão abertas, mas consegui marcar consultas com alguns veterinários", Gallagher disse.

Gallagher e Lola tiveram sorte. Acontece que ela não foi mordida. Mas ele acredita que, enquanto continuamos a combater o novo coronavírus, também devemos fazer planos de saúde para nossos animais de estimação se eles tiverem problemas.

"Mudou o mundo de uma maneira que nem pensamos... e esquecemos os animais de estimação. Eu não posso imaginar minha vida sem a Lola ", disse ele.

A história é assustadora, mas serve como um bom lembrete para ter um contato de um veterinário de confiança que esteja à disposição para emergências ou considerar contratar algum plano de saúde pet.

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários