Casal acolhe cachorros idosos que ninguém quer adotar, para dar conforto e uma vida digna a eles

Por
em Notícias

O casal já acolheu e ajudou mais de 500 animais.

A empatia e a sensibilidade do casal Chris e Mariesa foi capaz de ajudar e oferecer conforto para centenas de animais idosos em seu tempo restante de vida.

O casal fundou o projeto Mr. Mo que fornece lar para cães idosos e assume as suas despesas médicas. Até agora o Mr. Mo já salvou mais de 500 animais que, provavelmente, seriam sacrificados pelos custos gerados aos abrigos.

Tudo começou há mais de seis anos quando o casal adotou Moises, um cachorro idoso que foi diagnosticado com tumores espinhais graves e acabou vivendo apenas quatro semanas, nesse momento, eles perceberam a diferença que o acolhimento pode fazer na vida de um cão de idade.

Chris e Mariesa resolveram continuar ajudando esses cães que eram abandonados ou rejeitados, especialmente pela idade, dando a eles um fim de vida digno e investindo em cuidados com a saúde dos animais por conta própria.

“Os abrigos notaram que pegamos cães que os outros não levam. Você sabe, uma cirurgia da coluna vertebral de US $10.000, não nos importa desde que o cão esteja bem”, disse Chris.

O casal provavelmente dorme com a sensação de dever cumprido, mas não deve ser tão gratificante quanto é para esses animais ter acesso à família, carinho, cuidado e amor, mesmo que no fim de suas vidas.

Que gesto nobre!

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com