Cachorro permanece por mais de 3 meses em hospital esperando pelo dono que faleceu de coronavírus

em Notícias

Ao conhecer a história do doce Xiaobao, ou "Pequeno Tesouro", aprendemos uma grande lição de amor e fidelidade.

O cão acompanhou o seu dono até um hospital de Wuhan, China, em fevereiro, quando o mesmo estava contaminado com coronavírus. O homem, que era idoso, não resistiu ao vírus e faleceu cinco dias depois da internação, porém, o Pequeno Tesouro não sabia disso e permaneceu no hospital por mais de três meses a espera do dono.

Não importava quantas vezes as pessoas o tocassem de lá, ele sempre voltava, afinal ele tinha certeza que o seu dono ainda estava lá e precisava dele ali. É de cortar o coração, não é?

Enquanto muitas pessoas se incomodavam com o Pequeno Tesouro no ambiente hospitalar, outras se comoveram com a perseverança e preocupação dele com o dono. Uma dessas pessoas, foi Wu Cuifen, que administra um supermercado no prédio e acabou retornando apenas em abril ao local após a autorização do governo, quando soube da história dele. Foi ela quem o nomeou e passou a alimentá-lo.

“Ele nunca saiu do hospital. Foi incrivelmente tocante e tão leal. Eu me familiarizei com o cachorro e depois o trouxe para a loja. Todas as manhãs, quando eu abria o supermercado, ele estava esperando por mim. Ele me via no final de cada dia”, disse Wu.

Apesar da ajuda da mulher, as enfermeiras contataram a Associação de Proteção a Animais Pequenos de Wuhan, cujos membros abrigaram Xiaobao. Ele foi tratado por veterinários também.

Em 24 de maio, o diretor do abrigo disse que estão analisando os perfis dos candidatos para adotarem o cão, que provavelmente será escolhido. É o mínimo que ele merece depois de tanta lealdade, não é?

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com