Em Virgínia (EUA), cadela impede que criança de 10 anos seja sequestrada e ataca o suspeito que foge

A criança passeava com a sua mascote quando o ataque aconteceu, mas foi impedido graças a ação da cadela.

Uma criança de 10 anos foi salva de uma tentativa de sequestro em plena luz do dia, graças a ação da sua cadela Rosey, uma mistura de shepard retriever alemão.

A menina passeava com Rosey no bairro Woodbridge que era aparentemente seguro, na Virgínia, nos Estados Unidos, quando foi abordada por um homem que tentou puxá-la pelo braço, mas foi impedido pela cadela que atacou o agressor e mordeu com força, fazendo com que ele soltasse a criança e permitindo que ela escapasse. O ataque repentino forçou o suspeito a fugir.

Foto: Screen capture / Fox5
Foto: Screen capture / Fox5
O bairro de Woodbridge onde ocorreu o incidente.

Após o ocorrido a polícia vasculhou a região, mas nenhum suspeito foi encontrado. As autoridades divulgaram uma descrição do suspeito na esperança de que o público pudesse ajudar a prendê-lo.

A identidade da criança não foi divulgada para preservá-la, mas um homem chamado Tj Griffin se manifestou dizendo ser o tio da garota e até falou sobre o comportamento elogiável de Rosey, a heroína da história.

Foto: Fabebook / Tj Griffin
Foto: Fabebook / Tj Griffin
Rosey, o cão que supostamente estava envolvido na história, segundo TJ Griffin.

Segundo Tj, a cachorrinha Rosey "é muito protetora, brincalhona, adora crianças e a neve. “Eu dei a ela todas as guloseimas e um tratamento completo em spa para cães por sua bravura”, disse.

O que importa é que a criança está salva e segura, graças a esse anjo de quatro patas chamado Rosey.

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários