Cachorros que andam em apenas duas patas por conta de deficiência, dão verdadeiro exemplo de superação

em Notícias
Embora vivam em famílias distintas, os dois compartilham da mesma dificuldade e da mesma força de vontade de superá-la.

Transformar a dificuldade em superação pode ser uma tarefa fácil para os humanos, mas os animais podem provar que eles também têm muito a ensinar, especialmente quando o assunto é vencer desafios.

Dois grandes exemplos de garra e força são os cachorros, Horácio José e Snoopy, que apesar de não ter nenhum contato de convivência, eles vivenciam a mesma experiência: a vida sobre duas patas. Horácio José e o Snoopy nasceram com uma deficiência nas patas dianteiras que não se desenvolveram durante a gestação, por isso, eles não conseguem utilizá-las para se apoiar, mas isso não determina suas vidas, pelo contrário, fazem delas, uma verdadeira lição.

Horácio José foi adotado por Maria Eugênia Prado e seu esposo em São Paulo, e embora eles não conheçam muitos detalhes da história do cachorro, eles souberam que ele havia sido abandonado para ser eutanasiado por conta da sua deficiência. Felizmente o casal soube da história, se apaixonou pelo cãozinho especial e o adotou.

Em outra família, Snoopy que possui as mesmas limitações que Horário José, foi adotado por Pollyana Mayer, que segundo ela ‘foi amor à primeira vista’. Snoopy vive com dois irmãos caninos e, juntos, eles fazem muita festa. Para eles, não existe espaço para diferenças, são todos iguais.

Além de levar uma vida o mais próximo possível do normal, os dois vivem em famílias que os amam incondicionalmente e fazem de tudo para proporcionar segurança, conforto e acessibilidade. Dessa maneira não é difícil superar os desafios e transformá-los em exemplo, não é? Lindas essas histórias!

Vídeo do Horácio:

Vídeo Snoopy:

Para acompanhar mais da rotina desses dois, siga suas contas no Instagram, Horácio José (horacio_trex) e Snoopy (super_noopy).

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com