Pai compartilha vídeo tocante do filho brincando com seu pit bull: 'Ele é inofensivo'

O norte-americano Jarad Bully adota e cuida de cães da raça pit bull há pelo menos dez anos. Ele conta já ter ouvido inúmeras críticas de pessoas que condenam o fato dele amar ‘cães tão perigosos e agressivos’.

Ouvir esse tipo de coisa apenas fortalece o objetivo de Jarad, que é justamente conscientizar a população que os pit bulls também podem ser cães amorosos, compassivos e carinhosos com seus tutores.

Foto: Reprodução Youtube / Inside Edition
Foto: Reprodução Youtube / Inside Edition

Para ele, o estereótipo que essa raça carrega não agrega em absolutamente nada no debate acerca da posse desses cães.

Uma boa maneira que o norte-americano encontrou para ajudar a desmistificar tal preconceito é a publicação de vídeos em suas redes sociais, onde ele mostra o quão adoráveis os pit bulls corretamente domesticados podem ser.

Foto: Reprodução Youtube / Inside Edition
Foto: Reprodução Youtube / Inside Edition

Um bom exemplo disso é um vídeo em que o filho de um ano de Jarad, o pequeno Cruise, aparece abraçando o cachorrão enorme. Para algumas pessoas, esse vídeo pode ser chocante. Para nós, apaixonados por pets, é apenas uma demonstração simples e genuína de afeto entre uma criança e um cachorro.

Foto: Reprodução Youtube / Inside Edition
Foto: Reprodução Youtube / Inside Edition

Confira abaixo:

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários