Cadela perdida encontrada sem forças dentro de riacho é salva por montanhistas na Austrália

Por
em Notícias
A cadela havia sumido de casa e estava passando por apuros, mas felizmente foi encontrada e salva pelos aventureiros que passavam pelo local retirado.

Por ter um espírito desbravador ou pelo simples fato de estarem perdidos, muitos cães acabam passando por maus-bocados, literalmente.

A cadela Elly-Bob sentiu de perto o medo de se perder da sua família na Austrália. Enquanto os seus donos a procuravam desesperados, ela estava enfrentando grandes dificuldades, foi parar dentro de um riacho e acabou não conseguindo sair.

O seu paradeiro só foi descoberto porque três aventureiros que estavam explorando a área afastada da cidade, a encontraram. O trio foi até o local para escalar uma montanha e se deparou com a cadela exausta tentando alcançar a margem e sair do rio.

Sem forças, supõe-se que ela tenha andado e nadado por muitas horas e em um local deserto, a falta de alimento deve ter contribuído para o seu enfraquecimento. Felizmente, aquelas pessoas estavam no local certo, na hora certa.

Após retirarem Elly-Bob da água, os amigos perceberam que a cadela de 40 quilos não conseguiria andar sozinha e precisava ser carregada.

O grupo improvisou e com uma mochila a levaram até o carro. Foi um grande esforço, mas valeu a pena, afinal eles salvaram a sua vida!

Já na cidade, os amigos compartilharam a história nas redes sociais, e foi nesse momento que o dono se manifestou dizendo que estava a sua procura há semanas. Resumo da história: Elly foi salva e retornou para a sua família que estava à sua espera todo esse tempo. Final feliz! Ufa!

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com