Mulher tenta enganar amigos dizendo que havia resgatado raposa pensando que era um cachorro e post viraliza

‘Nem tudo é o que parece’, ‘as aparências enganam’, ‘comprar gato por lebre’, mas calma, tudo pode ser explicado!

Com a melhor das intenções, é possível compreender alguns erros quando o assunto é sobre ajudar os animais, como quando alguém resgata uma raposa pensando que é um cachorro. Quem nunca? (risos).

Por mais inusitado que seja, foi isso que uma mulher, chamada Melissa Kim, de Omagh, Irlanda do Norte, disse ter feito. Em uma publicação no seu Facebook, no dia 12 de julho, Melissa pede ajuda aos seus amigos depois de ter encontrado um cão “um pouco mal-humorado e com raiva” e que ela “lutou para colocá-lo no carro”.

A verdade, no entanto, é que tudo não passava de uma pegadinha e Melissa estava 'trollando' os seus amigos, achando que eles entenderiam que se tratava de uma brincadeira, mas a situação ganhou um destino diferente. Isso porque, não só os seus amigos, como centenas de outros internautas pensaram que a situação era verídica e o post se espalhou, ganhando uma repercussão enorme.

Segundo o post de Melissa, ela teria encontrado “este pobre cachorro comendo um coelho morto à beira da estrada de Dublin”, e encarecida com a sua situação, não hesitou em resgatá-lo. “Ele está um pouco mal-humorado e com raiva, lutei para colocá-lo no meu carro [...]. Ele está na minha cozinha agora e é bastante perverso. Por favor, compartilhe isso para que possamos encontrar seus donos”, disse na legenda. No entanto, Melissa não havia resgatado animal nenhum e a publicação era apenas para 'pregar uma peça' em seus amigos.

Foto: Facebook / Melissa Kim
Foto: Facebook / Melissa Kim

Melissa não esperava a proporção que a sua pegadinha tomaria, que além de milhares de curtidas no Facebook, começou a circular no Twitter carregando outras centenas de interações de pessoas que realmente tinham acreditado que ela havia resgatado um animal selvagem e confundido uma raposa com um cão.

“Eu realmente pensei que as pessoas saberiam que era uma piada. Seria realmente algo que eles (amigos) pensariam que eu realmente teria feito. Há quase 30 mil curtidas e milhares de repostagens no Twitter, no Instagram, então estou muito chocada. Mas estou feliz por ter dado boas risadas a muitas pessoas nestes tempos sem precedentes”, declarou Melissa.

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários