Impressionante: Cadela dá à luz 16 filhotinhos de uma só vez em cesariana com 2 horas de duração em SP

Na última quarta (12), uma cadelinha vira-lata levada às pressas para uma clínica veterinária de Indiana (SP), deu à luz a incríveis 16 filhotes de uma vez!

Segundo a médica veterinária Bruna Katrine Scaione, junto com a médica veterinária Rafaela Tavares e mais dois auxiliares, o parto foi o mais surpreendente da carreira. Toda a ninhada passa bem.

Foto: Arquivo Pessoal/Bruna Katrine Scaione | Arquivo Pessoal/Rafaela Tavares

A dona da cachorrinha não quis ser identificada e também não permitiu a divulgação da imagem da cadela (apenas dos filhotes).

Foto: Arquivo Pessoal / Bruna Katrine Scaione
Foto: Arquivo Pessoal / Bruna Katrine Scaione

"A veterinária Luiza Moreno disse que tinham vários filhotes, que nem dava para contar direito. Mas imaginamos que seriam uns dez", relatou Bruna.

O tamanho da barriga da mamãe causou espanto em todos. "Parecia a barriga de uma mulher grávida de uns oito, nove meses, de tão grande", brincou.

Foram cerca de duas horas de cirurgia, ao todo. "Foi cansativo. Foi a cirurgia mais cansativa que eu fiz em dez anos. A fêmea tem um porte médio, a gente esperava uns dez filhotes, no máximo 11. O útero ficou enorme, parecia não ter fim", falou Bruna.

Foto: Arquivo Pessoal / Luiza Moreno
Foto: Arquivo Pessoal / Luiza Moreno

"Foi um parto bem atípico. Nunca fiquei sabendo na região do nascimento de 16 filhotes", destacou. "Não sei muito sobre o histórico da cachorra. Pode ser algo genético, a mãe dela pode ter sido uma boa parideira também".

Pesando entre 200 e 250 gramas, nasceram 8 machos e 8 fêmeas, praticamente do mesmo tamanho.

"Pela quantidade, a cachorra não teria parido sozinha. Ela poderia não ter contração porque a barriga estava muito pesada", afirmou a veterinária.

Foto: Arquivo Pessoal / Rafaela Tavares
Foto: Arquivo Pessoal / Rafaela Tavares

Todos já foram para casa após receberem alta. Como a cadela não tem leite, os cachorrinhos vão ser alimentados com suplemento.

"Geralmente, em uma ninhada grande, acontece de ter perdas. Porém, todos estão bem. A mãe também vai ser tratada com bastante vitamina e suplemento para aumentar a quantidade de leite", frisou. "Todo mundo ficou perplexo. Muitos me perguntavam se era de uma cachorra só. É algo muito diferente. Foi emocionante e gratificante também", finalizou a médica veterinária.

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários