Gatinho que era rejeitado em abrigo por ter uma deformidade visual é adotado e se torna celebridade nas redes sociais

Por
em Notícias
Toda a rejeição que esse gatinho sentiu ao viver por três anos no abrigo se transformaram em amor, zelo e sucesso!

Quando amamos alguém, o fazemos pelo que esse alguém representa, em especial seu jeito, e não por características físicas, certo? Embora o amor seja construído em etapas, as pessoas dificilmente levam isso em consideração quando vão escolher um animal para adotar, e é nesse momento que detalhes físicos, deficiências ou limitações acabam entrando em questão e pesando na escolha dos candidatos a tutores.

A maior parte das pessoas preferem levar para casa um bichinho saudável, esteticamente bonito, e hoje em dia avaliam até mesmo, se o mesmo é fotogênico. É compreensível que muitos donos não tenham tempo ou condições adequadas para dar a atenção necessária quando o animal requer maiores cuidados de saúde, agora, escolhê-los apenas pela aparência, é lamentável.

Contrariando todo esse julgamento estético, Mikala Kleinn, de Copenhaga, Dinamarca, escolheu o gatinho mais excluído do abrigo em que viveu por três anos, até que finalmente fosse adotado pela jovem. O motivo de tanto desprezo, é o fato dele possuir uma deformidade visual causada por uma anomalia cromossômica. A condição não possui nenhuma interferência na sua saúde ou condicionamento físico, apenas implica em uma aparência diferente e única.

Monty, como foi nomeado, é um gatinho saudável, simpático e sortudo, pois desde que foi morar com a sua nova família, além de ser muito amado, se tornou praticamente uma celebridade no Instagram.

Na sua conta, monty_happiness, a sua dona compartilha vários momentos fofos do gatinho de visual singular. Monty possui mais de 690 mil seguidores, além de ter uma página no Facebook com mais de 470 mil seguidores.

Tudo o que ele precisava era de uma chance para mostrar todos os motivos que fazem dele um gatinho tão especial e que merece muito amor. Ainda bem que foi isso que aconteceu!

Veja como ele é amoroso com os seus donos:

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com