Golden retriever terapeuta atua oferecendo abraços para bombeiros que lutam contra incêndios florestais na Califórnia

A adrenalina e o estresse causados pelo trabalho de combate às chamas são controlados graças ao apoio da cadela Kerith.

Incrivelmente habilidosos, os cães têm assumido cada vez mais o admirável papel de terapeuta e ajudado a transformar a vida de muitas pessoas. Não é diferente com a cadela de terapia Kerith, da raça golden retriever, que tem desempenhado a importante missão de confortar bombeiros que combatem incêndios florestais na Califórnia.

Foto: Instagram / kerith_the_golden_retriever
Foto: Instagram / kerith_the_golden_retriever

Enquanto os profissionais atuam na linha de frente contra as chamas, Kerith está sempre pronta para recebê-los com abraço, beijos e muito amor, reduzindo, dessa maneira, a tensão e o estresse causados pela tarefa.

Foto: Instagram / kerith_the_golden_retriever
Foto: Instagram / kerith_the_golden_retriever

“Ela não sabe que há um incêndio. Ela não sabe que existe a pandemia. Então ela sabia que estava vendo seus amigos e estava muito feliz em fazer isso. Para os bombeiros, acho que realmente fez o dia deles”, relatou a dona da cadela, Heidi Carmen.

Foto: Instagram / kerith_the_golden_retriever
Foto: Instagram / kerith_the_golden_retriever

Alguns dos benefícios de saúde física que Kerith pode fornecer incluem a liberação de hormônios que desempenham um papel na elevação do humor, redução da ansiedade e da sensação de solidão, como também a redução da pressão arterial, melhoria da saúde cardiovascular e respiração mais lenta. Uma ótima maneira de se desconectar de situações que exigem o empenho máximo dos profissionais, não é mesmo?

Foto: Instagram / kerith_the_golden_retriever
Foto: Instagram / kerith_the_golden_retriever

“Kerith se tornou um membro da família de bombeiros Marin County Fire Fighting. Ela está lá para a tripulação quando eles voltam de um chamado ou quando estão simplesmente se preparando para o jantar”, conta Carmen. “Existem muitas incógnitas, já que a natureza do trabalho de um socorrista é imprevisível, mas saber que Kerith estará lá para recebê-los no final do dia com um rabo abanando e um sorriso não é uma delas.” Sorte dos bombeiros contar com uma companheira incrível e amorosa dessas!

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários