Mulher escreve bilhete aos vizinhos pedindo permissão para acariciar cachorra pit bull deles

Por
em Notícias

Para os apaixonados por animais, é quase impossível não sair acariciando todos que aparecem ao longo do caminho. A americana Sarah Elkins sabe disso muito bem. Durante o trajeto ao trabalho, localizado na Califórnia (EUA), havia uma casa com uma linda cachorrinha no pátio e ela acabou criando um carinho pelo animal, que mais tarde descobriu, era recíproco.

No entanto, havia algo que separava ambos, já que mesmo adorando animais, Sarah não quis acariciar a cadela sem a permissão dos donos e resolveu deixar um bilhete no portão da casa pedindo a autorização da família.

“Comecei a dizer que ela era uma garota bonita, e logo ela começou a enfiar o nariz na cerca e a abanar o rabo, mas nunca quis me intrometer no espaço dela”, disse Elkins ao portal The Dodo.

No dia seguinte, Sarah passou pela casa entusiasmada com uma resposta que atendia exatamente às suas expectativas. Havia uma nota dos vizinhos que dizia “Claro” em letras maiúsculas, e que confirmava que a cachorrinha era realmente um 'boa garota’ e que se chama Sparrow.

A felicidade das duas estava completa já que Sparrow pôde finalmente ser acariciada e Sarah teria um dia mais feliz sempre que passasse pelo local. “Às vezes ela até coloca as patas na cerca para receber um abraço”, conta Sarah. Quanta fofura!

Veja o vídeo:

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com