Cão de rua é tingido para ficar com aparência de tigre e causa indignação nas redes sociais

Protetores de animais buscam informações sobre o paradeiro do cão e sobre o responsável por ter feito isso com ele para que as devidas providências sejam tomadas.

Esse caso pode até parecer engraçado inicialmente para alguns, mas ao descobrir os detalhes por trás, percebe-se que é mais grave do que se imagina. Na Malásia - um país do sudeste asiático - um cão foi pintado artificialmente para parecer um tigre, o que naturalmente chamou a atenção das pessoas e, em especial, de protetores dos direitos animais.

Foto: Facebook / Persatuan Haiwan Malaysia - Malaysia Animal Association

Obviamente, a aparência não é natural e as listras laranja e preto foram feitas com produtos químicos, o que pode ser prejudicial à saúde do animal. O animal, vítima da brincadeira de mau gosto de alguém, vive sozinho nas ruas.

Foto: Facebook / Persatuan Haiwan Malaysia - Malaysia Animal Association

Os protetores da Malaysia Animal Association foram os responsáveis por compartilhar as imagens no Facebook no último dia 28 de agosto, em busca de informações para identificar o cão e o criminoso. Além disso, se comprometeram a pagar uma recompensa para quem colaborar com o caso.

Foto: Facebook / Persatuan Haiwan Malaysia - Malaysia Animal Association

“Ajude o Animal Malaysia a identificar o local e a quem este animal pertence. Uma recompensa aguarda àqueles que apresentarem informações completas sobre o incidente”, declararam.

Foto: Facebook / Persatuan Haiwan Malaysia - Malaysia Animal Association

Igualmente comovidos, muitos internautas se manifestaram na publicação. “A cara do cachorro está triste, uma pena”, “o cachorro tem que tomar banho e raspar a pelagem para se livrar de todos os produtos químicos. Desculpe cachorro, lembre do bandido que fez isso com você”, disseram alguns usuários.

Desejamos profundamente que esses protetores consigam localizar e resgatar esse pobre animalzinho, que ele possa ficar bem e os responsáveis pelo ato sejam devidamente punidos.

Ana Caroline Haubert

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários