Golden retriever vira 'acumulador' de gravetos e se orgulha ao mostrar coleção para pai: 'É o hobbie dele'

Se tem uma coisa que o golden retriever Bruce gosta mais do que tirar uma boa soneca é colecionar gravetos e pedaços de árvores que encontra por aí.

Seus donos costumam brincar que o cão é um ‘baita de um colecionador’.

Foto: Arquivo Pessoal / Leo Icenhour
Foto: Arquivo Pessoal / Leo Icenhour

Há cerca de dois anos, Bruce se acidentou enquanto corria com um graveto e precisou ser internado em um hospital veterinário. Desde então, seus pais não permitem que ele brinque ou corra com um graveto na boca.

Para driblar essa limitação, o golden começou a colecionar os pedaços de madeira, empilhando-os na varanda de casa.

“Apesar de sua lesão, seu amor por gravetos não acabou, mas em vez disso, apenas cresceu e se tornou uma bela coleção”, disse Leo Icenhour, pai de Bruce, que mora em Bristol (Tennessee), nos Estados Unidos.

Foto: Arquivo Pessoal / Leo Icenhour
Foto: Arquivo Pessoal / Leo Icenhour

“Ele se orgulha de coletar gravetos de todas as formas e tamanhos em nosso quintal e colocá-los bem na frente de nossa porta, verificando-os diariamente quando entramos e saímos de casa.”

Essa mania fofa começou depois que uma tempestade de inverno escondeu seu graveto favorito sob 30 centímetros de neve. Bruce ficou de coração partido ao acordar e ver que seu ‘brinquedo’ havia sumido.

Foto: Arquivo Pessoal / Leo Icenhour
Foto: Arquivo Pessoal / Leo Icenhour

“Ele passou o dia tentando encontrá-lo cavando buracos por todo o quintal e enfiando a cabeça debaixo da neve. Eventualmente o gelo derreteu e Bruce conseguiu encontrar seu precioso graveto”, disse Leo. Pensa num garoto feliz!

“Acredito que ele começou sua coleção porque nunca mais quer sentir o pânico de ficar sem gravetos de novo”, acrescentou o dono.

Foto: Arquivo Pessoal / Leo Icenhour
Foto: Arquivo Pessoal / Leo Icenhour

Bruce sabe que não tem permissão para trazer sua coleção para dentro de casa, mas isso não o impede de tentar colocar uma sempre que seu pai está distraído.

Para o golden, os gravetos o deixam feliz e ele adora os exibir para os donos. “Ele apenas deseja aumentar sua coleção e tem muito orgulho disso”, concluiu Leo.

Gabriel Pietro

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.

Comentários