Cão que vivia em abrigo é adotado e carrega tigela de comida por toda parte com medo de perdê-la

em Notícias
Tal comportamento demonstra que o pobre cãozinho passou por muitas dificuldades e não queria perder aquilo que ele acredita ser sua fonte de alimento.

A sensibilidade dos animais é comovente e está sempre nos ensinando grandes lições, como essa que você verá a seguir. Um cãozinho, que os voluntários acreditam ter sido usado para procriação, de 10 anos de idade, foi encontrado vagando sozinho pela rua e foi resgatado por um abrigo de animais - cuja localidade não foi divulgada.

Quando soube da sua história, uma mulher chamada Susanne decidiu imediatamente adotá-lo e, para isso, enfrentou uma fila de três horas para conseguir trazê-lo para sua vida. Como relembra, foi amor recíproco e a primeira vista. Embora fosse muito dócil, o cãozinho, agora chamado Neville, tinha o hábito de competir por comida com o seu irmão.

Para contornar a situação e oferecer mais conforto para seu novo filho, Susanne comprou uma tigela só para Neville, que resolveu agradecer de uma maneira bastante incomum. Além de se alimentar, o fofinho passou a carregar o recipiente para todos os lugares que ia, inclusive na hora de dormir.

A dona acredita que ele associou o objeto a abundância dos alimentos e acredita que sem ela, ele ficará sem comida, como provavelmente ele já tenha ficado muitas vezes na sua vida. Que dózinho, né?

“Tive de treiná-lo para comer em uma tigela e, assim que ele pegou, ele valorizou aquela tigela. Acho que ele nunca teve uma e agora percebe que finalmente tem a garantia de uma fonte confiável de comida nutritiva e decente”, disse Susanne. “Ele parece tão profundamente grato por uma tigela simples. Acho que representa conforto e um lar para ele.”

Dois anos se passaram desde que ele foi morar com sua nova família, e mais debilitado, ele tem enfrentado algumas limitações, mas nada que o amor da sua mãe não seja capaz de ajudá-lo a superar. “Ele agora tem 12 anos, é um pouco surdo e não enxerga muito bem - mas ele ama a vida.”

Felizmente, Neville é muito amado e recebe todo o conforto que possa deixar a sua vida ainda melhor. Muito feliz por ele!

Atualização:

Ao acessarmos novamente o perfil da dona de Neville nesta terça-feira (08), encontramos a triste notícia que esse fofinho acabou falecendo recentemente. A publicação foi realizada no último dia 2 de setembro e Susanne afirmou que sua alma estava "desolada".

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com