Dona de cafeteria todos os dias alimenta cadela e filhotes mesmo com local fechado por conta da pandemia

Por
em Notícias
Pequenas atitudes, por mais simbólicas que sejam, são capazes de transformar - e manter - vidas.

Dulci Barbosa, de São Luís, Maranhão, parece reconhecer isso com grandeza, pois além dos seus três cães - que foram resgatados em situações de negligência e maus-tratos - ela ajuda a cadelinha de rua, Deneres.

Dulci é dona de uma cafeteria e desde o início do ano ela alimenta a cadelinha de rua, que ela nomeou de Deneres, mas devido à pandemia o estabelecimento teve que ser fechado durante uma determinada época.As condições eram desfavoráveis para a cadela, que mais tarde Dulci descobriria que tinha uma ninhada de filhotes, mas mesmo assim, a apaixonada por cães fez questão de ir todos os dias até o local apenas para alimentá-los.

O fato de já ter outros cães em casa fez com que ela não conseguisse acolhê-la, mas mesmo assim ela cuida de Deneres e, agora, também dos seus filhotes. A mulher sabia que aquela era a única fonte de alimento da cadela, por isso, a sua ajuda em tempos de pandemia era ainda mais importante.

“Eu era a única pessoa com quem ela podia contar. Ela nunca passou fome”, relata Dulci.

Depois de tomar conhecimento sobre a existência dos filhotes, Dulci foi a procura deles, os alimentou e agora está divulgando o caso desta pequena família para que todos possam ser adotados e viver em um lar seguro.

“Estou muito feliz. Agora, vamos resgatá-los e colocá-los para adoção. Já comecei campanhas para adotá-los”, disse. “Faremos isso. Tenho certeza de que encontraremos casas para eles.”

Em atualização, alguns, inclusive, já até foram adotados!

Acompanhe a evolução do caso no Instagram da Dulci: @dulci.barbosa.391.

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com