Incêndios nos EUA: Centenas de cães e gatos estão sendo deixados para trás por seus donos

Por
em Notícias

Os incêndios florestais na Califórnia (EUA) obrigaram ao menos 200 mil pessoas a fugir de suas casas, evacuando para regiões mais seguras da Costa Oeste norte-americana.

De acordo com a ONG Animal Rescue, a evacuação está sendo feita de maneira tão apressada que centenas de cães e gatos estão sendo deixados para trás por seus tutores.

Em meio às terríveis circunstâncias, equipes especializadas trabalham arduamente para resgatar animais de estimação de regiões próximas aos focos de incêndio.

Infelizmente não é raro encontrar cães e gatos com graves queimaduras e problemas respiratórios provocados pela fumaça e pelo fogo.

Muitos foram deixados para trás (na grande maioria dos casos, contra a vontade de seus tutores) e precisaram lutar para sobreviver por conta própria. Um deles, um gatinho apelidado pelos socorristas como ‘o Gato de Fogo’ foi resgatado graças ao seu miado, escutado entre os escombros de uma área tomada pela destruição do fogo.

Prince está em tratamento intensivo após ter queimaduras de terceiro grau nas patas, estômago e rosto. Ele é atualmente cuidado pela assistente técnica Kaity Kelsey e pela assistente veterinária Kayla Weisz, ambas do abrigo Southern Oregon Veterinary Specialty Center.

Depois de resgatar os animais, o desafio dos profissionais é encontrar os donos dos bichinhos. Para se ajudarem, funcionários de hospitais veterinários estão postando fotos dos animais nas redes sociais.

Especialistas acreditam que muitos animais ainda estão presos dentro das casas afetadas pelos incêndios florestais. O trabalho não para e cada segundo conta!

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.