Poodle visto em metrô divide opiniões e internautas criticam dono por humanizar animal

Excêntrico, o cãozinho é vestido com roupas e adereços que fazem com que ele pareça um humano, mas muitas pessoas criticam o dono por acharem que é algo desconfortável para o animal.

Nem tudo o que é visto é explícito, por isso, algumas situações podem ser interpretadas de maneiras bem diferentes - positivas ou negativas. Exatamente como aconteceu depois de um vídeo que mostra um cãozinho simulando um humano começou a circular nas redes sociais.

O cãozinho foi filmado em um metrô de Nova York e chamou a atenção dos usuários do transporte por um motivo bem específico. Ele estava vestido com uma calça, uma blusa, um blazer, usando um óculos, segurando um buquê de flores e de pé, apoiado em uma barra.

Olhando rapidamente, o cãozinho poderia facilmente ser confundido com um ursinho de pelúcia, principalmente pelos trajes e pela pose incomum para um animal de estimação.

Mas ele é real e, ao mesmo tempo que atraiu o olhar carinhoso de muitas pessoas, causou revolta em muitas outras que disseram se tratar de um abuso contra o animal, supondo que o dono estaria o forçando a agir de maneira robótica e desconfortável.

Veja o vídeo:

Agador, como se chama, no entanto, é super conhecido no Instagram e possui a sua própria conta na rede social onde possui quase 200 mil seguidores e exibe diferentes looks autênticos e engraçados. Confira aqui.

De qualquer maneira, esperamos que isso não seja algo desconfortável e forçado contra o animal, mas que seja algo divertido para ele!

Vestir os animais: vaidade ou necessidade?

Segundo especialistas, vestir os animais pode ser adequado apenas em situações específicas, como em dias frios. No entanto, existem algumas ressalvas como levar em consideração o seu físico, o tipo de vestimenta e se o animal fica confortável usando ela.

É recomendado usar quando:

  • Os cães possuem pelos curtos e ralos;
  • Se trata de filhotes ou animais idosos, que podem ser mais vulneráveis às baixas temperaturas;
  • São cães que tremem quando ficam parados;

O recomendado é utilizar vestimentas leves e confortáveis, como:

  • suéteres;
  • Capas de chuva;
  • Capas;
  • Saias;
  • Camisetas;
  • Lenços;
  • Gorros.

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com