Menina usa tempo livre para confeccionar moletons para cães de abrigo sul-africano

Por
em Notícias

Uma adolescente sul-africana decidiu usar o tempo livre decorrente da quarentena para confeccionar moletons personalizados para cães de abrigo, que muitas vezes carecem de uma caminha para dormir.

De acordo com o portal I Heart Dogs, a África do Sul está experimentando seu inverno mais frio dos últimos dez anos. Ciente disso, a jovem Liencke resolveu agir.

Desde o início de junho, ela tem confeccionado dezenas de moletons ‘caninos’ para a ONG Kempton Park SPCA, que administra abrigos abarrotados de cães resgatados das ruas ou em situação de vulnerabilidade.

Liencke usa todas as suas habilidades de costura para criar pilhas e mais pilhas de moletons para cães de todos os tamanhos no abrigo. O tecido aconchegante tem feltro em cada extremidade, além de um design adorável para garantir que cada cão se sinta elegante em todos os momentos!

A ONG Kempton Park SPCA utilizou suas redes sociais para parabenizar Liencke por sua atitude generosa. Por mais jovens assim no mundo!

Maneiras de ajudar um abrigo de animais

Os abrigos de animais carecem e muito de ajuda das pessoas, abaixo seguem dicas de como você pode ajudar:

1. Se você quer ou tem condições de adotar um animalzinho, adote. Assim, você colabora em diminuir a superlotação em abrigos.

2. Faça doações, contribua com as rifas. Doações de ração e remédios são sempre bem-vindas. Pergunte ao abrigo próximo de você quais são as suas necessidades e contribua.

3. Seja voluntário, se você não tem condições de doar financeiramente, doe com trabalho.

4. Deixe mensagem de apoio nas redes sociais ao abrigo, isso motivará ainda mais eles a cumprirem o seu trabalho.

5. Seja criativo, pense no que e em como você pode contribuir com o abrigo! Se você entende de marketing em redes sociais, por exemplo, você pode se oferecer para ajudá-los administrar suas redes online.

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.