Cão de rua aprende a sentar e cumprimentar as pessoas na tentativa de ganhar carinho, atenção e alimento

Por
em Notícias
Os esforços não foram em vão e o doce cão felizmente foi adotado.

A realidade dos animais de rua é muito triste, mas infelizmente, constante. É inegável que isso é resultado e responsabilidade dos humanos, por isso, nada mais justo que esses façam algo para mudar isso.

Um cãozinho vira-lata, mesmo vivendo nas ruas de San Miguel de Tucumán, no norte da Argentina, se destacou pelo seu comportamento gracioso.

Sem ter recebido nenhum tipo de instrução ou treinamento, conforme informou o site Zoorprendente, o cãozinho aprendeu a ficar sentado e estender a patinha para as pessoas, na singela tentativa de ganhar um pouco de atenção ou de alimento.

Muitas vezes, o gesto conseguiu atrair a atenção das pessoas, mas não o suficiente para ser levado para a casa de alguém. Isso durou por um bom tempo, até que uma pessoa resolveu compartilhar a sua história juntamente das suas fotos, que rapidamente conquistaram centenas de pessoas na internet.

"Amigos, isso é muito triste! Este cachorrinho se senta, levanta as duas pernas e estende! Acho que ele aprendeu isso para sobreviver nas ruas e conseguir comida. É muito terno e triste ao mesmo tempo, alguém gostaria de adotar esse amiguinho?" Escreveu uma associação dedicada ao resgate e defesa de animais.

A partir disso, não demorou para que surgissem pessoas dispostas a adotá-lo e em breve o cãozinho ganhou um novo lar. “Ele já tem casa, obrigado a todos pela divulgação”, atualizou a entidade alguns dias depois.

Seria incrível se todas as histórias de cães de rua terminasse na mesma maneira, não é mesmo?

Como ensinar truques ao seu cão

Nem todos os animais possuem a mesma facilidade e habilidade para aprender ou reproduzir alguns truques. Mas não há motivo para acreditar que ele, mesmo adulto, nunca irá aprender. Eles são muito espertos.

Conheça algumas dicas para ensinar seu cão a sentar, ficar de pé, dar a pata e a ficar. Lembrando que todo adestramento requer muita paciência, repetições e tempo até o animal compreender.

Sentar:

  • Pegue um petisco para cachorro;
  • Chame a atenção do seu amigo com a guloseima;
  • Mova o petisco do focinho até atrás da cabeça, fazendo com que ele se sente para acompanhar o movimento;
  • Quando o cachorro sentar, diga “senta”, e dê o petisco para ele,
  • Elogie o comportamento do pet sempre que ele acertar.

Dar a pata:

  • Faça o cão sentar;
  • Pegue um petisco com a mão fechada para que ele apenas sinta o cheiro;
  • Espere até que o cachorro estique a pata na sua direção
  • Diga o comando “dá a pata” quando ele se aproximar, abra sua mão e dê o petisco;
  • Elogie o comportamento do pet.

Ficar:

  • Faça o cão sentar;
  • Segure a coleira do cachorro e diga “fica” com uma mão aberta na frente dele sem tocá-lo;
  • Aumente gradualmente o tempo que ele precisa ficar parado, enquanto você vai se afastando. Até ele dominar o comando;
  • Elogie o comportamento do pet.

Ficar de pé:

  • Faça o cão sentar;
  • Capture a atenção do cão com o petisco;
  • Mova o petisco do focinho até o alto;
  • Diga o comando “em pé” e, quando o cachorro se erguer, dê o petisco;
  • Elogie o comportamento dele.

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com