Gato conhece a praia pela primeira vez e não consegue esconder seu desgosto com o vento

Tinha tudo para ser um passeio agradável, e foi, até que começou a ventar…

Por
em Notícias

Por mais agradável que seja uma experiência, um momento ou um lugar, sempre há algum porém. O gatinho chamado Pumpkin descobriu isso ao visitar a praia pela primeira vez. O felino, de temperamento doce e afável, não costuma se impor de maneira contrária às experiências, mesmo possuindo hipoplasia cerebelar.

A condição afeta sua coordenação e percepção de profundidade, mas não impede que ele viva uma vida feliz, extrovertida e empolgante ao lado da sua família. Família essa que ao querer proporcionar um momento novo e dinâmico para Pumpkin, descobriu a reação dele - não muito agradável - com o vento da praia.

Inicialmente, ele correu e brincou muito ao lado do seu irmão felino, Moustachio. A surpresa veio quando o clima começou a mudar e iniciou a maior ventania na praia, para o desgosto de Pumpkin.

O gatinho começou a fazer caretas de desgosto e reprovação com o clima típico praiano. A dona, Tia Stoddard, não perdeu a oportunidade de registrar a reação hilária que o seu pet fez e as fotos não poderiam ter ficado melhores.

“Ele realmente amava a praia, mas logo descobrimos que ele não amava o vento”, disse Stoddard. “As caras que ele estava fazendo, nunca tínhamos visto nada parecido antes, então estávamos tirando fotos e fazendo vídeos.”

O detalhe, no entanto, não impediu que o gatinho expressivo continuasse indo à praia, pelo contrário, é um dos seus passeios preferidos. Bem, menos quando venta.

Cuidados com o seu pet na praia

1. Passe protetor solar em seu pet

Para evitar o câncer de pele e as queimaduras na região cutânea, a melhor medida é sempre utilizar o protetor solar de uso veterinário. A sua composição é diferente dos produtos humanos, mas o objetivo é o mesmo: manter seu bichinho livre dos perigos do sol.

2. Dê banho assim que chegar

Dar um bom banho no animalzinho assim que voltar da praia é uma maneira de evitar a proliferação de bactérias na pele ou a irritação proveniente do contato com o sal e a areia.

3. Leve água para garantir a hidratação

Sempre que for passear com o seu melhor amigo, leve junto com vocês uma boa quantidade de água. Isso garantirá a reposição hídrica necessária para que o organismo funcione a todo o vapor.

4. Evite o sol em horários mais quentes

Os raios solares emitidos das 10 às 16 horas são considerados os mais fortes e ‘’violentos’’. Por isso, pule a praia nesses horários para garantir que todos os problemas citados sejam devidamente evitados.

5. Capriche na vermifugação

Por fim, priorize sempre as três doses (verão, inverno e primavera) de vermífugo de seu pet. Isso garante que ele fique imune aos vermes perigosos que podem se esconder no ambiente litorâneo e faz com que ele se mantenha saudável.

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com