Buldogue francês chuta noiva durante fotos de casamento e vídeo viraliza

Por
em Notícias

A festa de casamento é um momento memorável, alegre e feliz, mas também pode ser muito engraçado. Durante as fotos do seu casamento, uma mulher chamada Sra. Cao, de Bozhou, China, foi 'escanteada' por alguém que queria roubar a atenção do seu marido para si e, não, não foi outra mulher.

O responsável por roubar a cena - e quase o marido - foi o buldogue francês do casal, de dois anos, chamado San Jiu, que teve uma reação inesperada - e hilária.

Durante a sessão de fotos, o noivo pegou San Jiu no colo e quando a noiva se aproximou, levou um chute na barriga do pequeno meliante, que em seguida, lança o olhar mais apaixonado de todos para o dono, como quem diz: "agora somos só nós dois".

O plano de afastar a noiva não deu certo e apesar de ter sido golpeada pelas patinhas ariscas de San Jiu, ela pôde se aproximar para participar da sessão de fotos do seu casamento. Não temos certeza se San Jiu ficou contente com o desfecho, mas ele já não tinha mais alternativas.

"Fiquei tão chocado', disse o noivo Cao ao Daily Mail. "Todos os meus amigos e família estavam rindo. Eu só queria afofá-lo de carinho".

Já a noiva, é claro, não deixou de brincar com a situação.

"Eu o 'esqueci' por alguns dias, enquanto me preparava para o casamento. Talvez ainda estivesse chateado comigo. Mas San Jiu sempre amou meu marido. Ele ficava muito animado toda vez que via [meu marido]", declarou.

É um motivo bastante compreensível, não é?

Veja o vídeo hilário:

De qualquer maneira, uma coisa é inegável, San Jiu deve ser terrivelmente apaixonado pelos donos e eles por ele.

Temperamento do buldogue francês

Essa raça adora estar perto de seu dono, seguindo-o por onde quer que vá. Às vezes podem sentir ciúmes, isso porque eles são propensos a sofrer de ansiedade de separação e por medo demonstram esse sentimento ou tédio. A alternativa é você fornecer ao seu cãozinho exercícios regulares para ter certeza de que ele liberou sua energia reprimida.

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com