Cachorro que fugiu para 'dar uma voltinha sozinho' fica incrédulo ao ser pego por policiais

Por
em Notícias

Poucas coisas são mais sedutoras para os cães do que passeios. Enquanto a maioria dos tutores costuma levá-los com frequência para sair, outros cães não perdem tempo e aproveitam a primeira distração dos donos para dar aquela escapadinha.

Recentemente, um cão fez exatamente isso na vila de Ziegenbach, Francônia, na Alemanha, e saiu estrada afora para desfrutar um pouco de liberdade, mas não contava que seria descoberto tão rápido como foi.

Segundo o The Dodo, durante o caminho, o cão cruzou com um grupo de ciclistas, que além de acariciá-lo, chamou a polícia para levá-lo de volta ao dono - acabando com o passeio solitário do cão.

Atendendo o pedido do grupo, a polícia compareceu no local e resgatou o danadinho. O que mais chamou a atenção no caso foi a reação do cão ao ser capturado. Felizmente, a expressão hilária do cão foi registrada por uma foto tirada pelos policiais.

“O olhar do cachorro não tem preço”, escreveu a Polícia da Francônia Central.

Confira:

Depois de perguntar a alguns moradores da região sobre a origem do cão, a polícia identificou o dono e pôde devolvê-lo, dando fim ao rolê solo do cachorrinho.

“O dono do cachorro pode ser encontrado e o amigo de quatro patas pode ser devolvido”, escreveu o departamento de polícia.

Suponho que o cão desejaria não ter encontrado aquele grupo de ciclistas que ele ousou confiar. Brincadeiras à parte, felizmente tudo terminou bem.

Como evitar que seu cão fuja

Embora ninguém está livre disso acontecer, existem algumas alternativas que dificultem a fuga do seu animal de estimação. Confira algumas dicas do site Pet Doctor:

1. Castração

Para evitar que cães machos saiam à procura de cadelas, ou que as próprias cachorrinhas fujam nesses dias, é importante considerar a castração. Nos machos, o procedimento também diminui a necessidade por marcação de território. Além de deixar o pet mais calmo e menos propenso a fugas, a castração evita diversos problemas de saúde.

2. Cuidado com barulhos

A audição dos cães é, em média, quatro vezes mais apurada do que a dos humanos, por isso, é normal que os animais se assustem mais facilmente com barulhos altos, como fogos de artifício, estouros e trovões. Em épocas de comemorações, como ano novo, recomenda-se prender o cachorro dentro de casa, em um local seguro e que ele já esteja familiarizado. Quando estão com medo, os cães podem sair correndo e acabar sofrendo diversos acidentes, como quedas e até atropelamentos.

3. Adaptação a lugares novos

Se o animal está em um local novo, é normal que ele queira explorar e marcar seu território. Para evitar que o cachorro fuja nessas situações, existem algumas coisas simples a se fazer, como realizar passeios regularmente para que o animal se acostume ao novo lugar, instalar um portão ou um cercado especial para o pet e não deixar ele sair para passear sozinho, pois mesmo que ele já pareça acostumado, a mudança pode fazer com que ele se perca e não consiga voltar para casa.

4. Cuidados especiais com cães idosos

Quando um animal começa a ficar velhinho, é normal que ele apresente dificuldades motoras e, em alguns casos, sinais de demência. Se você tem um cachorro de mais idade, prefira deixá-lo dentro de casa em um local seguro, sem acesso à rua, assim, as fugas serão mais difíceis.

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com

Comentários

Últimas histórias