Aluna traz gatinho para sala de aula porque ele não queria ficar sozinho em casa

Por
em Notícias

Há alguns dias, um vídeo adorável viralizou na rede social Douyin que mostra um gato fofo deitado calmamente dentro de uma carteira de escola. Aparentemente, sua dona, Wen, decidiu levar Ba Dun, da raça Munchkin, de 1 ano, com ela para a sala de aula na China depois que ele não a deixou sair de casa sem ele.

Cães e gatos possuem maneiras surpreendentes de tornar situações banais e cotidianas em momentos hilários ou emocionantes.

Muitas vezes, chegamos cansados em casa após um longo dia de trabalho ou estudo e com pouca ou nenhuma vontade de fazer qualquer coisa, e tudo o que queremos é um pouco de chamego e carinho dos nossos pets.

Em igual medida, há momentos em que precisamos sair de casa para ir ao trabalho ou à escola, mas não queremos deixar nosso dog ou gatinho sozinho. Infelizmente, não podemos levá-los conosco... Ou podemos?

“Ba Dun ficou aninhado na minha perna e parecia muito triste porque ele queria que eu ficasse com ele”, disse a dona do felino ao portal Daily Mail. “Mas eu estava atrasada para a minha aula. Eu não suportaria decepcioná-lo, então o trouxe comigo para a sala de aula.”

Felizmente, Ba Dun fez o possível para manter a calma e não se meter em problemas. Durante a aula, ele ficou quietinho sem miar ou chamar atenção dos colegas de Wen. É quase como se ele soubesse que estava em uma missão importante.

“Ele estava sendo muito bom e não fez nenhum som”, disse a jovem.

Ao que parece, o professor também não percebeu nada de incomum e só descobriu sobre o aluno 'inesperado' posteriormente.

Ba Dun, em chinês, quer dizer literalmente "oito refeições".

“Ele definitivamente poderia comer oito refeições todos os dias se eu deixasse”, disse Wen.

Gatinho fofo e comilão!

Como pets podem contribuir na fase escolar da criança

A comunidade científica tem sido enfática em afirmar nos últimos anos como os animais de estimação - especialmente cães e gatos - podem ser benéficos para famílias com filhos, inclusive com crianças um pouco mais velhas.

Os animais de estimação podem agir como confidentes dos pequenos, criando vínculos fraternos muito fortes e importantes para o desenvolvimento delas.

Entre os muitos benefícios dos cães e gatos em casa ao lado das crianças, podemos destacar:

1. Os pets instigam a criançada a ser mais responsável: eles precisam passear, se alimentar, serem escovados e banhados, e muitas vezes, as crianças participam de todo esse processo.

2. Agem como companheiros nas brincadeiras: os cães, por exemplo, estão sempre dispostos a brincar e a interagir socialmente.

3. Ensinam sobre as dificuldades e nuances da vida: nossos bichinhos enfrentam dificuldades de tempos em tempos, como doenças, cansaço ou mesmo a morte. A criança é exposta a isso e acaba aprendendo a lidar com certos sentimentos negativos.

4. Crianças que cresceram com animais de estimação têm, em média, um sistema imunológico mais forte.

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Gabriel Pietro têm 20 anos, é redator e freelancer. Fundou o Projeto Acervo Ciência em 2016, com o objetivo de levar astronomia, filosofia e ciência em geral ao público. Em dois anos, o projeto alcançou milhões de internautas e acumulou 400 mil seguidores no Facebook. Como redator, escreveu para vários sites, como o Sociologia Líquida e o Segredos do Mundo. Ainda não sabe se é de humanas ou exatas, Marvel ou DC, liberal ou social-democrata. Ama cinema, política, ciência, economia e música (indie). Ainda tentando descobrir seu lugar no mundo.