Voluntária acolhe gatinho em sua casa e seus animais o recebem da melhor forma

Por
em Notícias

Apesar dos dias difíceis, o gatinho Felix, que foi encontrado em um estado de saúde preocupante, foi muito acolhido pela sua família de quatro patas, incluindo três gatos e dois cães, além da dona, é claro. O filhote foi encontrado, com cerca de cinco semanas, bastante doente e cheio de vermes.

Segundo o portal de notícias Animales Queridos, a pessoa que o encontrou o transferiu aos cuidados do centro de resgate Un Chat à la Fois, localizado em Quebec, Canadá. Lá, o pequeno Felix ganhou todos os cuidados necessários para a sua sobrevivência, além de todo o carinho da equipe.

O gatinho era apaixonante e uma voluntária, chamada Meg, apaixonada por animais, sabia que ele precisa de atenção extra, por isso, decidiu levá-lo para a sua casa até que ele se recuperasse e pudesse ser adotado.

Felix não demorou para se acomodar na residência de Meg, que já tinha uma turminha de peludos em casa, composta por dois cães da raça pit bull, Casper e Artillero; três gatos, chamados Runty, Trunks e Zelda; além de alguns ratos e galinhas. Um verdadeiro zoológico, recheado de amor o qual Felix acabava de ingressar!

Todos receberam o frágil gatinho com muito amor, mas Casper foi o mais acolhedor de todos, especialmente pelo fato dele ter perdido há apenas alguns meses o seu melhor amigo, o cão Chucky. O doce pit bull encontrou no pequeno gatinho consolo e muito amor e, logicamente, todo esse carinho foi recíproco.

Além de morder o rabo de Casper, que consentiu, é claro, Felix adorava dividir a coberta com Artillero, abraçar Runty, perseguir Trunks e passar um tempo ao lado de Zelda. E claro, todos adoraram a atenção extra que Felix os proporcionava.

Conforme o tempo foi passando, Felix se recuperou completamente e já estava pronto para ser adotado, mas era tarde demais para isso, afinal, todos já o amavam o suficiente para considerá-lo um integrante da família.

Era inviável que Meg tivesse coragem de se desapegar do filhote o qual ela ajudou a salvar a vida e separá-lo dos seus melhores amigos. Portanto, Felix permaneceu na sua grande e adorável família.

“Felix foi oficialmente adotado por sua família adotiva. Todos sabiam que ele fazia parte da família desde o primeiro dia”, afirmou Marie Simard, fundadora do Un Chat à la Fois.

Nove meses se passaram desde que Felix foi resgatado e adotado, mas algumas coisas não mudaram. Ele e Casper permanecem inseparáveis e dormem juntos diariamente.

Além de compartilhar ótimos momentos com os seus demais irmãos.

Que vontade de participar dessa misturinha de amor, né? Se você quiser acompanhar a rotina dessa turma pode segui-los no Instagram: @meggieslittlezoo.

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com