Cão golden retriever se torna o melhor pai ao adotar duas patinhas recém-nascidas

Por
em Notícias

Em Nantgarw, uma vila de Rhondda Cynon Taf, no País de Gales, um cachorro golden retriever chamado Teddy se tornou “pai adotivo” de duas patinhas recém-nascidas: Daisy e Aubrey.

Segundo o portal de notícias ITV, Teddy tomou a responsabilidade após ver as duas nascerem e, agora, o trio vive brincando. Elas dormem nas patas do doguinho de 7 anos e andam ‘a cavalo’ em suas costas.

A dona do trio, Tracey Newman, aprova a amizade.

“Está sendo muito bom ver todos eles se divertindo juntos e eu sabia que Teddy seria ótimo com elas.” Ela também complementa: “Elas dormem em suas patas e de dia seguem ele pela nossa casa.”

Tracey, que é dona de uma empresa que adestra cães, conta que ganhou as patinhas de seus filhos. Para ela o presente foi incrível, já que não estava passando pela melhor época de sua vida:

“É uma alegria real tê-las em casa. Nossa casa alagou ano passado, então isso me animou.” Ela ainda acrescenta: “Nós também tivemos covid em família e elas nasceram enquanto estávamos em isolamento, então passamos o tempo cuidando delas.”

Veja um dos momentos adoráveis das patinhas:

Embora Daisy tenha nascido prematuramente, o que fez com que ela tivesse de ser alimentada a cada duas horas, atualmente ambas as patinhas estão saudáveis e felizes brincando com Teddy. Elas até tem seu próprio Instagram!

Bee, a patinha que adora o Bebê Tyler

Daisy e Aubrey não são as únicas patinhas de estimação que roubaram o coração de coisinhas fofas, conheça a história de Bee, a patinha que é apaixonada por Tyler, um bebezinho super fofo!

6 dicas caso você pensa em ter um pato em casa:

  • Patos precisam de espaço para esticar as asas e um lugar que possam pegar luz do sol, no contrário podem ficar deprimidos.
  • Eles vivem entre 13 a 20 anos.
  • Necessitam de água, seja uma pequena lagoa ou até mesmo uma piscina.
  • Sua alimentação recomendada é baseada em verduras, sementes, grãos, insetos e alguns peixes. Existe ração para patos, mas elas acabam engordando muito o animal e não são tão recomendadas. O veterinário sempre deve ser consultado.
  • Nos dois primeiros meses, eles precisam ficar em um lugar fechado, seco e quente, a partir do terceiro mês eles podem começar a sair de casa, mas com cuidado.
  • Não é recomendado patos para quem mora em apartamento, eles são animais que precisam do ar livre e fazem barulho quando se divertem.

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Estudante de jornalismo que é apaixonado por tudo que tenha super-heróis, dragões e faroeste (ele se pergunta todo dia quando que vai lançar um filme misturando os três). Gosta de ler, com um favoritismo em fantasia (por que será?) e adora ver séries em geral. Ama estudar sobre criatividade e sociologia. Tem uma doguinha perfeita e sem defeitos chamada Athena. Também gosta de cinema e matar tempo nas redes sociais vendo memes.