Gato caminha 38 km para visitar antiga vizinha que lhe dava guloseimas

Por
em Notícias

Quando o seu gatinho Cupido, de dois anos, não retornou do seu passeio habitual no dia 27 de dezembro de 2020, a dona India Redman, que vive em Bournemouth, Inglaterra, ficou desesperada à sua procura. O que ela não sabia era que o animal havia sumido para comer guloseimas de uma antiga vizinha.

Imediatamente ela começou a procurá-lo, distribuiu cartazes e informações sobre seu gato na internet, mas o que ela não imaginava era o quão longe ele havia ido. Mais precisamente, 38 quilômetros, segundo informou o portal de notícias Metro.

Isso mesmo, Cupido andou milhas e milhas para chegar em Odstock, em Wiltshire, local onde ele vivia antes de ser comprado pela sua atual dona. A procura durou três longas semanas.

Com a memória impecável e um faro de localização invejável, Cupido foi até a sua cidade natal e encontrou até mesmo a sua antiga casa. Ele não encontrou os seus antigos donos, provavelmente porque tenham se mudado, mas ele lembrou de uma vizinha que o alimentava com guloseimas sempre que ele saía para passear.

Os dois se reencontraram, mas India diz que a mulher não lembrou dele, já o Cupido, não tenho dúvidas, estava de caso marcado desde o início.

“É uma história tão emocionante e louca ao mesmo tempo”, diz India.

Depois de ser atendido pela simpática mulher, Cupido continuou a sua peregrinação. India chegou à localização do Cupido depois que uma mulher viu ele passeando em seu jardim e entrou em contato enviando uma foto perguntando se seria ele.

“Pulei da cama e liguei para ela imediatamente porque estava muito animada. Nós conversamos e foi definitivamente o Cupido que ela encontrou. Fiquei chocada quando me disse que estava em Odstock. Ele deve ter atravessado rios e campos para chegar lá em modo furtivo”, conta India.

Aliviada, a dona foi ao encontro do seu gatinho aventureiro, enquanto ele parecia estar muito satisfeito com o seu passeio independente.

“Ele foi encontrado duas portas abaixo da casa onde eu o comprei. Gosto de pensar que ele deve ter se lembrado de sua terra natal e voltado às raízes para uma pequena viagem”, afirmou India.

Depois do susto, felizmente tudo terminou da melhor maneira possível. Agora, India deve ficar atenta sobre os próximos planos do Cupido.

Gatos sabem voltar para casa?

Os gatos adoram dar aquela escapadinha para o susto e pânico dos donos. E o gato Cupido por sua vez foi mais longe, retornando a sua antiga casa. Mas como isso é possível!?

Até onde sabemos, os gatos têm um instinto de lar, o que significa que eles podem perceber a direção usando algo além dos cinco sentidos comuns de paladar, olfato, visão, tato e audição. Os especialistas em comportamento animal afirmam que gatos se ligam com os deus donos, mas também tem uma forte conexão ao local de origem, marcando o território com urina ou com o seu cheiro.

Em um estudo publicado pela Professora Frances Herrick em 1922, intitulado “Poderes do Gato” (tradução livre), Herrick observou a habilidade de uma mãe gata em voltar para seus filhotes após serem separados. A professora descobriu que a mãe gata voltou com sucesso para seus gatinhos sete vezes depois de ser separada por distâncias que variaram de 1 a 4 milhas. Em outro estudo de 1954, pesquisadores alemães testaram gatos colocando-os em um grande labirinto com muitas aberturas. Na maioria das vezes, eles descobriram que os gatos usavam a saída mais próxima para sua casa.

Nos dois estudos foi confirmado que os felinos sabem o caminho de casa, mas o porquê, ainda é uma incógnita. Na dúvida mantenha seu gatinho sempre com uma plaquinha de identificação, caso um dia ele saia e não volte, será mais fácil para quem encontrá-lo identificar o dono.

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com