Cão que foi encontrado amarrado em poste numa noite congelante ganha lar amoroso

Por
em Notícias

Da dor ao amor” Essa é a trajetória do doce cão Wilson, uma mistura de labrador. Há três anos, em uma noite congelante, Wilson foi encontrado acorrentado em um poste em Birmingham, Inglaterra.

Segundo o portal de notícias Metro, felizmente ele foi encontrado, resgatado e levado a um lugar seguro por voluntários do centro de resgate Birmingham Dogs Home. Desde o episódio traumático, levou algum tempo até que Wilson depositasse a sua confiança na equipe, mas com muito amor e paciência, eles chegaram lá.

Pronto para confiar nos humanos outra vez, Wilson ganhou uma nova chance ao ser adotado por Bhawana, seu novo proprietário que afirma: foi amor à primeira vista.

“Wilson está em casa comigo há um mês e não posso acreditar na mudança dele. Ele se acomodou muito bem, cochilou no sofá e tentou abusar da sorte tentando subir na cama!”, disse o novo dono.

Segundo Bhawana, Wilson está deixando a sua personalidade florescer sem medos ou receios de ser rejeitado novamente. Apesar do pouco tempo que estão juntos, o dono diz não imaginar mais a sua vida sem o Wilson.

“A personalidade dele realmente começou a aparecer, ele começou a brincar com brinquedos e dormir com seu ursinho de pelúcia. Wilson só começou a latir e falar na semana passada e é tão bom ver que ele finalmente está saindo de sua concha!”, contou Bhawana.

De comportamento extremamente dócil, Wilson já reconhece o vínculo afetivo com o dono e faz questão de expressar a sua gratidão por tê-lo adotado.

“'Ele virá até mim para pedir um rebuliço e beijos se achar que estou na minha mesa há muito tempo e não lhe dei atenção o suficiente e eu adoro isso. Todos os dias aprendo algo novo sobre ele e estou tão feliz por ele aceitar eu e o seu novo lar para sempre!”, expressa o dono.

Se em apenas um mês Wilson já tem se expressado e demonstrado todo o seu carinho pelo dono, imagine com o passar do tempo? Tenho certeza que esse amor só se expandirá!

Cães sentem frio?

Assim como os humanos os cães também sentem frio. Exceto as raças Malamutes do Alasca e Huskies Siberianos que foram criados para 'trabalhar' em climas frios.

Os cães que são pequenos ou têm pelagem fina (como os chihuahuas ou galgos), precisam ser protegidos das temperaturas baixas, claro que nem sempre o frio que sentimos os nossos amigos peludos sentem, tenha cuidado para não enchê-los de roupas.

Confira no vídeo abaixo algumas dicas do Alexandre Rossi, especialista em comportamento animal, no seu canal do YouTube Estopinha & Alexandre Rossi, sobre como saber quando o cão está com frio.

Receba nossas notícias no WhatsApp!Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com