Cadela rottweiler acolhe e amamenta filhotes de porco que perderam a mãe no parto

Por
em Notícias

Em um lindo gesto de amor, a cadela rottweiler chamada Pantera surpreendeu a todos, especialmente a dona, ao acolher e amamentar oito filhotes de porco que perderam a mãe durante o parto.

O caso aconteceu na zona rural de Faina, em Goiás, e deixou a dona, a manicure Angelina Carvalho Barbosa Moreira, de 34 anos, completamente surpresa com a iniciativa de Pantera.

Segundo Angelina, Pantera, que deu à luz alguns dias antes do nascimento dos porquinhos, foi quem tomou a iniciativa em acolhê-los e amamentá-los como se fossem seu.

“Ela realmente virou a mãe deles. Assim que eles nasceram e a porca morreu, eu os peguei e coloquei em uma caixa dentro de casa. No primeiro momento, ela deu só uma cheirada e saiu, mas, logo depois, voltou e começou a amamentá-los”, disse.

A veterinária Lorraine Oliveira Marais Prieto explica que a atitude de Pantera é super comum entre os animais e é motivada principalmente pelo instinto materno.

“Acontece muito entre cães e gatos porque são animais domésticos mais comuns. Nesses casos, nós só orientamos que é necessário ficar de olho se esse leite está sendo suficiente ou se não será necessário complementar essa alimentação, mas não tem nenhum prejuízo ao filhote nem à mãe”, esclareceu Lorraine ao G1.

Embora a aproximação tenha parecido estranha no início, Angelina conta que a relação entre Pantera e os filhotinhos não poderia estar melhor.

“Eu não imaginava que ela cuidaria deles assim. O que mais me impressiona é que, antes disso, ela era super arisca com outros animais, mas agora, ela é bem mais calminha. Tanto que ela cuida dos porquinhos como se tivessem nascido dela”, declarou.

Confira abaixo o momento materno:

Outro caso de cadela "adotando" porcos filhotes órfãos

A cadelinha Pantera não foi a única que se solidarizou com a morte da mãe dos porquinhos. Um homem adotou oito filhotes de porco, depois de perderem a mãe no parto, o que ele não imaginava era que a sua cadela da raça boxer adotaria os filhotes. Confira a matéria completa abaixo realizada pelo Hoje em Dia.

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com