Reynaldo Gianecchini anuncia sua nova cadela vira-lata e incentiva fãs a adotarem pets

Por
em Notícias

O ator global Reynaldo Gianecchini, que já é papai de dois cães da raça buldogue, chamados Mano e Mafalda, anunciou na última quarta-feira (10) a adoção de outro pet: a cadela Sara, sem raça definida.

Segundo o Folha de Pernambuco, o ator contou a novidade aos seus seguidores do Instagram em um relato comovente sobre o alto índice de cães morando em abrigos, 4 milhões que vivem à espera de um lar e que isso foi determinante para que ele tomasse a decisão de adotar um cão de abrigo.

A escolhida foi a Sara, quem ele descreveu como “doce, elegante e tímida”. Sara, de acordo com Gianecchini, foi resgatada pela também atriz, Heloísa Périssé, apoiadora da causa animal.

“Ela teve a grande sorte de ser resgatada pela Lolo e junto com o Projeto @aconchegoanimal foi reabilitada, castrada e agora ela tem uma família. A minha família!”, contou o ator.

Foi através da indicação de Heloísa, inclusive, que ele conheceu o trabalho da ONG Aconchego Animal, localizada no Rio de Janeiro, e adotou a sua nova mascotinha Sara. O ator contou que Sara foi encontrada abandonada recém-nascida com sua mãe e irmãozinhos, que ele atribuiu como uma “situação muito comum e triste nas ruas.”

Além de compartilhar com os internautas a nova integrante da família, Gianecchini incentivou a adoção.

“Vamos lá adotar gente! Na page do @aconchegoanimal vocês podem conhecer o Moicano que é irmão da Sara e vários outros peludinhos que ainda esperam um lar. Bora levar alegria e amor pra casa!”, concluiu.

Receba nossas notícias no Whastapp! Entrar no grupo

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com