Logomarca Amo meu PET

Protetora de animais falece após se assustar com possível ataque de cachorro ao seu gato

Por
em Notícias

Um ocorrido do cotidiano acabou levando uma senhora, de aproximadamente 70 anos, a óbito nesta terça-feira (16). A idosa, protetora de animais, conversava com um vizinho quando um cachorro de grande porte escapou de uma residência e ficou solto pela rua no Conjunto José Abrão, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul.

Com medo que o cão atacasse um dos seus gatos, a mulher chegou a pegar um pedaço de madeira, mas ficou extremamente nervosa com o fato, teve um infarto e morreu. O vizinho, de 49 anos, que estava com a idosa durante o fato, relatou que tentou ajudá-la, mas não obteve sucesso.

“Ela ficou com medo do cachorro atacar o gato dela, chegou a pegar um pedaço de madeira, e isso deixou ela muito abalada. Ele [o cão] não chegou a atacar, só estava solto, mas ela ficou nervosa na hora”, disse o vizinho que não foi identificado.

Nesse momento, ele diz ter entrado em casa para buscar um copo com água para a idosa, mas quando voltou, encontrou ela caída. Equipes do Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) atenderam a ocorrência, mas ela não resistiu.

Outra moradora, que também não foi identificada, disse ao portal Campo Grande News que a vida da idosa era em prol dos animais.

“Ela era muito ligada aos animais, alimentava eles e a aposentadoria dela era praticamente toda para isso. Ela conseguiu recolher o gato, mas ficou nervosa com a situação”, informou a vizinha.

Jovem (mais na idade do que na postura), curiosa (quem, o quê, onde, como, quando e por quê), analítica (sempre em busca de respostas), e estudante de jornalismo. Com sede de conhecimento, tem calafrios de rotinas monótonas e repetitivas. É ainda, inconformada com mais do mesmo, buscando dessa forma, descobrir o seu lugar no mundo. Prazer, sou Ana Caroline Haubert, gaúcha lá de Passo Fundo. Sugestões, críticas, pautas e opiniões são bem-vindas no meu email: caroline_hauber@hotmail.com